Com mais energia, cria-se um mundo mais inteligente

Há ideias que podem mudar a nosso mundo por completo. E no dia 4 de junho, premiaram-se aquelas que visam um mundo mais verde e sustentável.

Nunca existiu uma preocupação tão grande com a redução da pegada ecológica como hoje. Em todo o lado, para onde quer que olhemos, vemos uma preocupação generalizada com o estado do nosso planeta; e todos parecem querer fazer parte da mudança para um mundo mais verde, mais sustentável para todos.

Um dos grandes agentes que quer participar na mudança para um mundo melhor é a EDP Distribuição, que acredita que o caminho passa pela descarbonização e pela transição energética; e um dos meios que permite esse passo mais verde é exatamente a inteligência artificial. "Quando se fala de gestão eficiente de algo, atualmente, deve-se usar, sem dúvida, métodos de inteligência artificial. Todas as práticas que visam utilizar a digitalização para otimizar a energia estão a minimizar a pegada de carbono", defende o Administrador Executivo da EDP, João Marques da Cruz.

E uma das práticas que a EDP Distribuição implementou foi a instalação de contadores inteligentes ou Energy Box, que fornece ao cliente um conjunto de dados sobre o seu consumo. O objetivo é exatamente promover um consumo mais consciente.

Tendo a Energy Box como mote, a EDP Distribuição decidiu ir mais longe e lançou o Hack The Electron - uma maratona tecnológica que teve como objetivo encontrar novas soluções e serviços que permitem otimizar o desempenho da Energy box e, consequentemente, a experiência do consumidor final. Para isso, a maratona foi dividida em duas competições.

Na competição A as equipas, para desenvolverem os seus projetos, receberam dados anónimos e descaraterizados de clientes domésticos da EDP, como: o consumo, o tipo de tarifa, tipo de ligação e qual a potência contratada. Na competição B, as equipas receberam um contador inteligente ou Energy Box, para desenvolverem soluções, através dos dados disponíveis e acessíveis naquele equipamento. Em jogo, estavam 15 mil euros em prémios e um passo para um mundo mais verde e inteligente.

O Hackathon arrancou no dia 15 de maio e contou com 135 participantes e 45 equipas, compostas por membros da comunidade investigadora, como por estudantes, engenheiros, programadores e estudantes. Toda esta diversidade levou a uma competição renhida e original, que culminou com 16 equipas, oito de cada categoria, a disputar o primeiro lugar, num pódio de três, no Museu da Eletricidade, em Lisboa no dia 4 de junho.

O evento, que começou às 15h00, e que contou com discursos da comunidade EDP, como do mundo académico, foi marcado por pitches originais, que se dividiram em projetos que se centraram em dar informação ao consumidor para este saber como fazer um uso consciente da energia, como em projetos que invés de informar, agiam, isto é; consoante os dados recolhidos, geriam a energia doméstica, chegando ao ponto de desligar um eletrodoméstico.

Todos mostraram vontade de mudar o mundo e embora todos sejam já vencedores, por estarem a contribuir para um mundo mais sustentável, teve de ser atribuído um primeiro lugar. Na categoria A, ganhou a equipa Energy army knife, que criou uma aplicação, que, através de inteligência artificial, mais propriamente, data analytics, apoia o cliente com sugestões de poupança de energia e de investimentos inteligentes em recursos energéticos; Na categoria B, a equipa Zews foi a grande vencedora, que, através dos dados da Energy Box, criou uma tomada inteligente que, ao se aperceber que existe energia que está a ser produzida desnecessariamente, gere a energia dos restantes dos eletrodomésticos da casa, chegando, se necessário, a ligar um ou mais.

São ideias como estas que promovem a mudança. E embora, não se saiba qual será o próximo passo para estes projetos, EDP Distribuição, em parceria com a EDP Inovação e o Taikai, abriu, com a Hackathon, uma porta para um futuro mais inteligente e sustentável.

Clique aqui, para conhecer os finalistas das duas categorias e as suas ideias.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de