Até 10 mil espectadores japoneses permitidos nas bancadas dos Jogos Olímpicos

Só público do Japão poderá assistir às provas em pavilhões e estádios, uma vez que já tinha sido tomada a decisão de não deixar entrar qualquer adepto no país durante o evento.

As autoridades japonesas decidiram permitir que até 10 mil espectadores possam assistir aos eventos dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 nas bancadas, mesmo reservando o direito de reverter a decisão, anunciou esta segunda-feira a organização da prova.

Segundo o anúncio dos organizadores, as autoridades nipónicas manterão o direito de realizar as competições, espalhadas por diversos locais na capital, à porta fechada no caso de um novo surto de Covid-19.

Os locais de competição poderão ter até 10 mil espectadores admitidos ou até 50% da sua lotação máxima.

A decisão, tomada 'à revelia' dos avisos de vários especialistas que defendiam bancadas vazias, foi tomada após uma reunião que juntou o Governo japonês, o Comité Organizador, o governo da cidade de Tóquio e responsáveis do Comité Olímpico Internacional (COI) e do Comité Paralímpico Internacional (CPI).

De resto, só público do Japão poderá assistir às provas em pavilhões e estádios, uma vez que já tinha sido tomada a decisão de não deixar entrar qualquer adepto no país durante o evento, que arranca a 23 de julho.

O anúncio da presença de público acontece no dia em que é levantado o estado de emergência em Tóquio e outras regiões metropolitanas daquele país, passado um período mais complicado na gestão pandémica.

Ainda assim, mantêm-se em vigor restrições para prevenir contágios, sobretudo nas regras relativas a bares e restaurantes, num país com uma taxa de vacinação lenta e um número total de infeções relativamente baixo.

A população japonesa, e a da zona metropolitana de Tóquio, tem-se manifestado largamente contra a realização dos Jogos Olímpicos, de 23 de julho a 8 de agosto, com vários apelos também da comunidade médica, com Governo e COI determinados em manter o evento, adiado para este ano, como planeado.

Apesar de o cancelamento ou novo adiamento ainda reunir uma maioria, uma nova sondagem, realizada pelo diário Asahi Shimbun e revelada esta segunda-feira, mostra que o número de japoneses que aceitam a realização dos Jogos subiu.

Um terço dos inquiridos apoia Tóquio 2020 já este verão, comparado com 14% na mesma sondagem em maio.

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de