Benfica comunica desistência da OPA à CMVM

SAD "reitera a plena conformidade da Oferta com todas as disposições legais aplicáveis".

Acabou a OPA do Benfica sobre as ações da SAD. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a SAD encarnada informa que "a Benfica SGPS apresentou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários um requerimento de autorização desta autoridade para revogação da oferta pública de aquisição de ações representativas do capital social da Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD".

No mesmo documento , a SAD " reitera a plena conformidade da Oferta com todas as disposições legais aplicáveis" e remete esclarecimentos sobre o negócio para outro momento por parte da SGPS.

A SAD encarnada acrescenta ainda alguns esclarecimentos à nota que enviou à CMVM como resposta ao que diz serem " rumores na comunicação social
sobre o desfecho do procedimento de registo da Oferta e acerca da eventual utilização alternativa dos fundos mobilizados para efeitos da sua liquidação para contratar reforços para a equipa de futebol".

Numa alusão à pandemia de Covid-19, a Benfica SAD informa ainda que ""tomou e continuará a tomar, tendo em conta a informação fiável que estiver disponível a cada momento, as medidas que reputar necessárias para preservar a sua atividade, sendo previsível a redução de custos e despesas não indispensáveis ao desenvolvimento dessa atividade e a ponderação acrescidamente cuidada de todos os investimentos que estavam projetados".

Nesse âmbito, "as transações de atletas serão analisadas muito cuidadosamente, tendo em vista promover e preservar na maior medida possível os ativos essenciais da Benfica SAD e assegurar a sua sustentabilidade".

O documento termina com uma nota de "inteira solidariedade" da SAD do Benfica "com todos os seus trabalhadores, sócios, adeptos e simpatizantes
benfiquistas, parceiros e colaboradores nos tempos extraordinários que vivemos".

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) suspendeu as ações da SAD do Benfica durante a manhã desta segunda-feira. O regulador do mercado não revelou quais os motivos que levaram à suspensão, mas a TSF confirmou junto de fonte do processo que a OPA para a recompra das ações da SAD foi chumbada pela CMVM.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de