Brilho da formação não chega para Sporting vencer em Guimarães

Os primeiros dois golos do jogo resultaram de erros dos guarda-redes Douglas e Maximiano. Nos primeiros dez minutos da segunda parte, Sporar desfez a igualdade, que depois foi restabelecida por Edwards. Veja os golos.

O Vitória de Guimarães e o Sporting empataram esta quinta-feira 2-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, numa partida em que os leões estiveram duas vezes na frente, mas não conseguiram segurar a vantagem.

No regresso da competição, após quase três meses de paragem, devido à pandemia de Covid-19, o Sporting adiantou-se no marcador com um golo de Sporar, aos 18 minutos, mas João Carlos Teixeira empatou aos 32. Na segunda parte Sporar bisou na partida, aos 52, mas Edwards voltou a empatar aos 68.

Com o empate desta quinta-feira, no segundo jogo do técnico Rúben Amorim no clube, os leões estão em quarto lugar, com 43 pontos, enquanto o Vitória de Guimarães, que vinha de três triunfos consecutivos, está em sexto lugar, com 38.

Já rola a bola no Estádio D. Afonso Henriques! À semelhança do que aconteceu com o FC Porto, em jeito de homenagem aos profissionais de saúde que tiveram de escrever os nomes nas batas à mão durante a pandemia, os jogadores do Sporting também têm os nomes escritos a marcador nas t-shirts.

Aos 5 minutos, quando o Sporting tentava sair para o ataque, o V. de Guimarães recuperou a bola e conseguiu fazer um remate perigoso à baliza de Maximiano! A bola só saiu ao lado porque foi desviada pelo pé de um dos jogadores dos leões. O Guimarães está a pressionar muito bem a equipa de Alvalade, enquanto o Sporting tem tido algumas dificuldades na saída para o ataque.

Rúben Amorim, como é treinador adjunto dos leões - Emanuel Ferro está como treinador principal -, é obrigado a estar sentado no banco, de máscara, e tem tido algumas dificuldades em fazer chegar a sua mensagem aos jogadores.

Aos 18 minutos, após um erro tremendo do guarda-redes Douglas, Sporar só tem de fazer um passe para a baliza para marcar o primeiro golo do encontro. O VAR ainda analisa o lance, mas acaba por validar.

O Sporting está a crescer depois do golo de Sporar. Aos 23 minutos, Joseph Amoah chega atrasado a um lance com Vietto e já só apanha a perna do adversário. É punido com cartão amarelo. Três minutos depois, Vietto precipita-se, remata e a bola sai muito por cima da baliza de Douglas.

Aos 32 minutos, Teixeira, com frieza, bate o guarda-redes do Sporting e garante a igualdade. Mais uma vez, nesta partida, a história do golo passa pelo guardião: Luís Maximiano tem um momento de precipitação e coloca a bola nos pés de Joseph Amoah que, mais rápido do que o defesa, assiste o companheiro para a igualdade, no Berço, num momento em que o Vitória está a pressionar.

Perto do intervalo, aos 44 minutos, Vietto volta a tentar tirar as medidas à baliza de Douglas, com um remate fora da área, mas ainda não foi desta que acertou no alvo. O esférico saiu por cima! O árbitro dá um minuto de compensação neste primeiro tempo.

Já no tempo de compensação, aos 46 minutos, João Teixeira faz uma falta vistosa e leva cartão amarelo.

Carlos Xistra apita e está fechada a primeira parte em Guimarães!

Vitória dá o pontapé de saída nesta segunda parte, com muito barulho no estádio vazio. A estrutura do clube de Guimarães pôs a tocar os cânticos dos adeptos no Estádio D. Afonso Henriques. Bondarenko, sem nunca largar Sporar, tira-lhe a possibilidade de finalização já dentro da grande área e impede que o Sporting faça o segundo logo neste reinício de jogo.

Aos 50 minutos, Davidson quis colocar a bola na gaveta, mas precipitou-se e o esférico saiu muito por cima da baliza dos leões. Um minuto depois, Sporar faz um trabalho frio, de puro ponta de lança, e coloca a bola dentro da baliza de Douglas. Carlos Xistra anula o golo, mas o lance ainda vai ser analisado pelo VAR. Após a análise, o árbitro volta atrás na decisão e assinala golo do Sporting.

Cinco minutos depois do golo de Sporar, Edwards tenta fazer novamente o empate, mas daquele ângulo, perto do poste direito da baliza de Maximiano, era quase impossível. Aos 60 minutos, Mathieu é chamado a converter um livre perigoso, mas a bola sai muito por cima e Douglas nem chega a assustar-se.

O empate do Vitória chega aos 68 minutos, num lance atabalhoado na grande área do Sporting. Marcus Edwards é quem assina o golo.

O Guimarães, nesta reta final do jogo, está mais dinâmico. Aos 72 minutos, Rúben Amorim mexe na equipa. Tira Vietto e põe Plata, para ganhar velocidade na frente de ataque. Quatro minutos depois, Joseph Amoah vê o segundo cartão amarelo e consequente vermelho. O Guimarães fica reduzido a dez jogadores.

Aos 87 minutos, Rafael Camacho faz um bom cruzamento, mas nenhum companheiro de equipa aparece para desviar a bola para a baliza. Carlos Xistra dá 5 minutos de compensação para lá dos 90, mas ainda há tempo para uma substituição aos 92 minutos. Sai Davidson e entra Suliman no V. de Guimarães.

A um minuto do final do jogo, Florent Hanin ainda ganha um pontapé de canto para a equipa da casa e recolhe aplausos.

Final do jogo no Estádio D. Afonso Henriques! Sporting e Guimarães empatam a dois golos!

Onze inicial do V. Guimarães: Douglas; Víctor García, Venâncio, Bondarenko, Florent Hanin; Pêpê, Joseph Amoah, Teixeira; Edwards, Davidson, Bonatini.

Onze inicial do Sporting: Luís Maximiano; Rafael Camacho, Eduardo Quaresma, Mathieu, Coates, Acuña; Battaglia, Matheus Nunes; Vietto, Jovane Cabral e Sporar.

Suplentes do V. Guimarães: Miguel Silva, Suliman, Lucas Evangelista, John, Poha, Rochinha, Bruno Duarte.

Suplentes do Sporting: Renan Ribeiro, Neto, Borja, Mattheus, Doumbia, Plata, Pedro Mendes.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de