Dybala admite que ainda não recuperou a forma depois de estar infetado

O jogador da Juventus mostra-se ansioso pelo regresso à competição.

O futebolista argentino Paulo Dybala, colega de equipa de Cristiano Ronaldo na Juventus, afirmou hoje que ainda não recuperou totalmente a forma física, depois de ter contraído o novo coronavírus, mas mostrou-se ansioso pelo regresso da Serie A.

"Sinto-me muito melhor. Ainda não estou a 100%, mas estou bem. Voltámos a treinar e em breve faremos o que mais gostamos. Devemos encarar este regresso com alegria. Teremos muitos jogos seguidos e haverá um jogo diferente todos os dias. Acho que vai ser fantástico", afirmou Dybala à imprensa italiana, em declarações à margem de um evento de videojogos.

O internacional argentino, de 26 anos, testou positivo à covid-19 em 21 de março e foi um dos três jogadores contagiados da Juventus, a par do francês Blaise Matuidi e do italiano Daniele Rugani, que também já estão recuperados.

Dybala, que quando deu positivo sofria sintomas como dores nos músculos e na cabeça, demorou mais de um mês a superar o novo coronavírus. Só em 06 de maio, a Juventus anunciou a recuperação do futebolista, confirmada com dois testes negativos.

A Liga italiana, interrompida em 09 de março face à pandemia, será retomada no fim de semana de 20 e 21 de junho, com os encontros em atraso.

Os quatro jogos em questão são o Atalanta -Sassuolo, Verona-Cagliari, Inter de Milão-Sampdoria e Torino-Parma.

Itália foi um dos países mais afetados pelo novo coronavírus, contabilizando 33.899 mortos em quase 235 mil casos de infeção.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 400 mil mortos e infetou mais de 6,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de