Mão cheia na Supertaça. Benfica goleia Sporting e vence 1.º título da época

Benfica venceu o primeiro título da temporada, este domingo, frente ao Sporting, com uma goleada no Algarve.

O Benfica goleou o Sporting na Supertaça por 5-0, com um golo de Rafa, dois de Pizzi, um de Grimaldo e um de Chiquinho. No primeiro jogo oficial da temporada, a equipa de Bruno Lage escudou-se na eficácia e deixou o Sporting sem capacidade de resposta. Porém, para a história do jogo, fica uma primeira parte positiva dos leões.

O jogo começou bem quente e para o lado do clube verde e branco. Pouco depois de um livre dos encarnados, Mathieu isolou Bruno Fernandes pela esquerda, o capitão teve a possibilidade de rematar, mas procurou Bas Dost. Estava lá Ferro, que ao cortar a bola esteve perto do autogolo, valeu o guarda-redes do Benfica.

Nos primeiros dez minutos, águias e leões procuraram oportunidades de parte a parte, com a equipa de Bruno Lage a ser mais rematadora, mas com um Sporting sempre a procurar chegar à área de Vlachodimos.

Aos 15 minutos de jogo, Seferovic esteve perto do golo, com um contra-ataque em que os encarnados tinham superioridade numérica, mas na hora de decidir, o avançado suíço rematou e permitiu o corte imperial de Thierry Correia.

Bruno Fernandes voltou a levar perigo à baliza encarnada, desta vez servido por Bas Dost. O capitão do Sporting foi travado por Vlachodimos.

E numa altura em que o Sporting pressionava mais o Benfica, a equipa de Lage faz o primeiro do jogo. Pizzi cruza milimetricamente, Rafa aparece na área pela esquerda, nas costas de Thierry, e remata para o golo. Estava feito o 1-0 na Supertaça.

Ao intervalo, o Benfica foi para o balneário a vencer com um golo solitário de Rafa.

A segunda parte de um dérbi

Se o Benfica saiu para o intervalo pouco depois de marcar, os leões vieram do balneário com vontade de golo. Pouco depois do regresso ao relvado, Bruno Fernandes bateu um livre de longe da área, mas a bola ainda tocou na malha lateral.

Mas aos 60 minutos de jogo, o Sporting comete um erro grave na defesa, com Mathieu a tentar driblar Rafa. O jogador do Benfica conseguiu ficar com a bola, deu o esférico a Pizzi e o médio do Benfica não falhou. É o 2-0 no Estádio do Algarve.

No minuto seguinte, Pizzi e Rafa isolam-se no ataque, mas não conseguem fazer o golo.

Aos 64 minutos, o Benfica voltou a marcar. Grimaldo faz o gosto ao pé, com um livre exímio, e marca para as águias. Estava feito o terceiro golo da partida, o terceiro das águias.

O Benfica vivia o melhor momento do encontro e Seferovic teve mesmo perto de fazer o golo, mas Renan 'roubou' o festejo ao avançado suíço.

O Sporting tentava responder, Bruno Fernandes puxava pela equipa e Raphinha ainda esteve perto do golo, aos 74 minutos, mas não conseguiu reduzir a vantagem dos leões.

A eficácia do Benfica voltaria pouco depois, aos 75 minutos, quando Pizzi bisou na partida. A jogada voltou a unir a dupla de sucesso da noite, Rafa assistiu o capitão das águias, que no frente a frente com Renan, não falhou.

Chiquinho ainda teve tempo de marcar e de escrever o seu nome na história do jogo. Era o quinto golo.

O jogo terminou segundos depois, com o Benfica a vencer o Sporting com uma goleada por cinco golos. Um resultado avultado e pesado para a equipa dos leões.

Onze do Benfica: Vlachodimos, Nuno Tavares, Ferro, Rúben Dias, Grimaldo, Gabriel, Florentino, Pizzi, Rafa Raul De Tomas e Seferovic.

Onze do Sporting: Renan, Thierry, Coeates, Mathieu, Neto, Acuña, Wendel, Doumbia, Raphinha, Bruno Fernandes, Bas Dost.

Suplentes do Benfica: Zlobin, Ebuehi, Jardel, Taarabt, Chiquinho, Jota e Vinícius.

Suplentes do Sporting: Luís Maximiano, Ilori, Borja, Eduardo, Vietto, Diaby e Luiz Phellype.

Engageya Widget 1

Engageya Widget 2

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de