"É uma vitória justa para o FC Porto"

O treinador do Benfica, Bruno Lage, admite que a equipa mostrou ansiedade em campo.

Bruno Lage admitiu que a vitória do FC Porto esta noite na Luz frente a Benfica "foi justa". Em declarações à BTV, no final do encontro, o treinador encarnado assumiu que a equipa não esteve à altura do desafio.

"Acaba por ser uma vitória justa do FC Porto, porque foi quem marcou os golos e nós não. Muito por culpa própria", admitiu Bruno Lage, revelando que a equipa cedeu ao jogo do adversário.

O treinador encarnado, que somou a primeira derrota no campeonato desde que assumiu o comando técnico da equipa, assumiu ainda que a pressão exercida pelos dragões provocaram "alguma ansiedade". Bruno Lage sentiu que o Benfica "foi superior na segunda parte", sobretudo depois da entrada de Taarbat, que substituiu ao intervalo o lesionado Samaris.

"Tentámos reagir, com a entrada do Adel. Tivemos um maior critério na saída, mas chegávamos ao último terço e abusávamos do passe vertical, com marcações cerradas, alguma ansiedade. Com a bola a entrar nas entrelinhas, há que manter a calma, obrigar as duas linhas de quatro a ir à largura e não tivemos essa paciência. Numa transição em que o Chiquinho vem a coxear, há uma bola em profundidade que nos apanha desprevenidos e o FC Porto fecha o jogo", frisou.

Bruno Lage mostrou-se ainda ciente que este seria "um início de campeonato difícil". O próximo encontro é no Minho, frente ao Braga e Lage deixa uma promessa.

"Sabíamos que tínhamos um início de campeonato muito difícil. Sporting, Paços, que foi o campeão da segunda divisão, Belenenses num campo difícil, jogar com o FC Porto e agora com o Braga. Vamos preparar da melhor maneira o nosso jogo seguinte, com certeza que faremos um grande jogo", concluiu.

Engageya Widget 1

Engageya Widget 2

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de