Entre golos e bolas ao poste, Marítimo e Sporting empatam

O Marítimo recebeu este domingo o Sporting na Madeira numa partida sem vencedores. Veja os golos e ouça as reações na TSF.

Marítimo e Sporting empataram hoje a um golo, em jogo da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Funchal, com os 'leões' a continuarem sem vencer nesta temporada.

Num jogo aberto e bem jogado, com intensidade e emoção até ao apito final, foi o Marítimo o primeiro a marcar por Getterson, aos 08 minutos, com Coates a restabelecer a igualdade aos 29 minutos.

Depois da pesada derrota ante o Benfica na Supertaça (5-0), o Sporting procurava nesta primeira jornada transmitir uma outra imagem, o que a espaços conseguiu, mas faltou consistência e frescura física para mais e melhor.

O Sporting entrou muito bem no jogo e logo aos 02 minutos esteve perto do golo, quando após um centro de Raphinha, Zainadine antecipou-se a Luíz Phellype, dominando o lance que parecia destinado a golo.

O Sporting tinha ascendente, mas foi o Marítimo a chegar ao golo, à passagem dos 08 minutos, após um erro de Thierry Correia que foi aproveitado por Jhon Cley para assistir Getterson para o tento inaugural.

A equipa leonina reagiu e, aos 25 minutos, após um centro de Acuña, Luíz Phellipe não logrou desviar para a baliza. O Sporting crescia e, três minutos volvidos, foi Bruno Fernandes que propiciou uma grande defesa a Charles.

O golo não tardou e, no minuto seguinte, Bruno Fernandes centrou, surgindo de rompante o central uruguaio Coates a restabelecer a igualdade.

O Sporting era o conjunto mais incisivo e, aos 32 minutos, Raphinha poderia ter colocado a sua equipa na liderança do marcador, mas o remate saiu ao lado.

Após o intervalo, o Marítimo mostrou-se mais cauteloso, com um jogo seguro defensivamente e, procurando em rápidas transições, colocar problemas ao extremo reduto do Sporting.

O Sporting dominava as operações e, aos 55 minutos, foi o central Zainadine, com um corte providencial, a evitar que o remate de Bruno Fernandes levasse a direção da baliza.

Com o tempo a passar e a igualdade a subsistir, Marcel Kaiser retirou Eduardo e lançou Vietto, recuando Wendel para médio mais defensivo. Marcel Keizer trocou ainda Luíz Phellype por Bas Dost.

Todavia, foi o Marítimo que poderia ter marcado, pelo estreante japonês Daizen que, aos 75 minutos, após centro de Correa cabeceou ao poste.

O Sporting respondeu e, aos 79 minutos, num rápido contra-ataque Raphinha disparou ao lado.

O jogo estava partido e, aos 84 minutos, foram novamente os insulares a terem uma oportunidade de marcar, com Jhon Cley solto na área a não acertar com a baliza.

No minuto seguinte foi Renan com uma grande defesa que negou o golo a Correa.

Onze do Sporting: Renan; Thierry Correia, Coates, Mathieu e Borja; Bruno Fernandes, Eduardo e Wendel; Raphinha, Luiz Phellype e Acuña.

Suplentes: Luís Maximiano; Ilori e Neto; Miguel Luís; Vietto, Diaby e Bas Dost.

Onze do Marítimo: Charles; Nanu, Zainadine, Dejan Kerkez e Rúben Ferreira; Bambock, Jhon Cley e Vukovic; Correa, Getterson e Edgar Costa.

Suplentes da formação madeirense: Amir; Lucas Áfrico e René Santos; Daizen Maeda, Barrera, Erivaldo e Marcelinho.

Tiago Martins é o árbitro da partida e terá Pedro Mota e Rui Teixeira como assistentes. Hugo Miguel estará no VAR.

Engageya Widget 1

Engageya Widget 2

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de