Pepa não fecha a porta ao estrangeiro

Em entrevista à TSF, o antigo técnico do Tondela fala do seu futuro e ainda comenta a atualidade de Sporting e Benfica.

Pepa não esconde que tem conversado com alguns clubes e admite a possibilidade de vir a trabalhar no estrangeiro. Em entrevista à TSF, o ex-treinador do Tondela revela que está atento ao mercado, às equipas e aos treinadores.

"Há rumores, há conversas. Não escondo que isso não existe. Mas é o que tiver de ser. Olho para isso com muita naturalidade", adianta Pepa, que não fecha a porta ao estrangeiro: "É aliciante. Sinto-me preparado para esses desafios."

Após três temporadas de sucesso no comando do Tondela, Pepa está à procura de um novo desafio profissional. Enquanto isso, o técnico de 38 anos tem-se dedicado à família e aproveitado para refletir sobre o futebol: "Tenho trabalho muito com a equipa técnica, refletir sobre algumas decisões mal tomadas ou o que se podia ter feito melhor. Penso que é assim que nós também temos que melhorar. Como eu costumo dizer, é 'partir pedra'".

Nesta entrevista à TSF, Pepa comentou ainda alguns assuntos da atualidade do futebol português. Sobre a eventual saída de Bruno Fernandes do Sporting, o treinador explica que vai ser um jogador muito difícil de substituir: "Desde o sistema, à estrutura e à própria dinâmica, tudo vai sofrer alterações porque é um jogador que tem muito peso na dinâmica ofensiva do Sporting." Pepa recorda que Bruno Fernandes "fez uma época fantástica, é um jogador incrível, e na época as pessoas não estiveram tão habituadas a ver o Sporting sem ele".

No que diz respeito à ausência de Gabriel dos próximos jogos do Benfica devido a lesão, Pepa explica à TSF o que é que Samaris e Taarabt podem oferecer ao jogo dos encarnados: "O Samaris tem estado muito bem ao nível do último passe, onde o Gabriel é muito forte, o Taarabt é mais um jogador de progressão e condução de bola." O antigo técnico do Tondela e da formação do Benfica considera que Gabriel tem "características muito específicas, mas lembra que o médio brasileiro esteve lesionado no final da temporada passada mas "o rendimento do meio-campo do Benfica continuou altíssimo".

Engageya Widget 1

Engageya Widget 2

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de