João Félix entrou, marcou, mas sai de cena. Leipzig elimina Atlético e está nas meias-finais da Champions

Atlético de Madrid de João Félix eliminado da Champions em Alvalade.

O Leipzig atingiu pela primeira vez na sua história as meias-finais da Liga dos Campeões, ao eliminar o Atlético de Madrid de João Félix. Os alemães venceram os colchoneros por 2-1, com golos de Olmo e Adams. João Félix marcou o único golo do emblema de Madrid, que se revelou insuficiente para as aspirações da equipa de Diego Simeone.

Depois de vencer o Liverpool, o Atlético de Madrid de Diego Simeone sonha com a presença na final da Liga dos Campeões. Antes desse jogo decisivo, era preciso ultrapassar vários obstáculos.

Pela frente vinha um Leipzig surpreendente na prova. Sem Werner, transferido para o Chelsea, a equipa alemã surgiu em Alvalade bem organizada e conquistou, logo desde cedo a posse de bola.

O único lance de grande perigo no primeiro tempo pertenceu a Halstemberg, que rematou por cima da baliza de Oblak.

Na primeira parte, a formação germânica chegou a ter mais de 60% de posse de bola. Com João Félix no banco, a equipa de Simeone tentou criar perigo, mas não conseguiu passar a barreira defensiva do adversário, muito bem organizada.

Na segunda parte, as equipas regressaram dos balneários sem qualquer alteração. Aos 50 minutos, os golos apareceram. Após uma excelente jogada coletiva, o Leipzig conseguiu colocar-se na frente da eliminatória.

Dani Olmo surgiu na área a cabecear para o primeiro golo do encontro.

Diego Simeone tinha de mexer na equipa e mudou o sistema tático. Herrera saiu e o treinador argentino chamou João Félix para jogar nas costas de Diego Costa.

O português entrou bem no jogo e, aos 68 minutos, conquistou uma grande penalidade. Da marca dos onze metros, o ex-Benfica não falhou, empatando o jogo em Alvalade.

A entrada de João Félix mexeu com o jogo do Atlético, que criou vários lances de perigo junto da baliza adversária. No entanto, o calafrio surgiu a dois minutos do tempo regulamentar.

Aos 88 minutos, João Félix perdeu a bola a meio campo. Os alemães conseguiram chegar à área colchonera e, Adams, recém-entrado no jogo, quis ser o herói improvável.

O jogador norte-americano surgiu à entrada da área a rematar sem oposição, a bola desvia num defesa do Atlético, que trai Oblak.

Onze do Atlético de Madrid: Oblak; Trippier, Savic, Giménez, Lodi; Herrera, Saúl, Koke; Carrasco, Marcos Llorente e Diego Costa.

Suplentes: Adán, Arias, Felipe, Hermoso, Manu Sánchez, Thomas, Lemar, Vitolo, Toni Moya, Joao Félix, Morata y Saponjic

Onze do RB Leipzig: Gulasci; Angeliño, Upamecano, Klostermann, Halstemberg; Kampl, Laimer, Sabitzer; Dani Olmo, Nkunku e Pulsen.

Suplentes do RB Leipzig: Mvogo, Tschauner, Orban, Haidara, Forsberg, Adams, Lookman, Schick, Mukiele, Novoa Ramos, Borkowski e Wosz.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de