Llarena vence Rali dos Açores mas Armindo Araújo é o novo líder do Europeu

Piloto espanhol protagonizou um duelo particular com Ricardo Moura, mas acabou por vencer o açoriano com uma vantagem de 2,7 segundos.

O espanhol Efren Llarena (Skoda Fabia) venceu este domingo o Rali dos Açores, segunda ronda do Campeonato Europeu de Ralis, cujo novo líder é o português Armindo Araújo (Skoda Fabia), quinto no rali açoriano.

Llarena roubou a liderança ao piloto açoriano Ricardo Moura (Skoda Fabia) na 14.ª e última especial da prova, vencendo com 2,7 segundos de diferença para o português.

"Foi incrível. Puxámos ao limite e vencemos. Incrível", disse o espanhol.

O austríaco Simon Wagner (Skoda Fabia) foi o terceiro, já a 31,4 segundos do vencedor.

Armindo Araújo foi quinto classificado, a 1.48 minutos de Llarena, mas este resultado permite ao piloto de Santo Tirso saltar para o comando do Europeu de Ralis, com 45 pontos, mais três do que o espanhol, que tem 42.

Em termos de Campeonato de Portugal de Ralis, de que esta foi também a segunda ronda pontuável, Araújo cimentou a liderança.

O piloto natural de Santo Tirso somou os pontos correspondentes ao segundo lugar, apenas atrás de Ricardo Moura, batendo o grande rival, Bruno Magalhães (Hyundai i20), que foi sexto nos Açores, terceiro entre os portugueses, depois de ter sofrido problemas de afinação da suspensão traseira durante as especiais da tarde.

Araújo tem, agora, 50 pontos contra os 36 de Magalhães.

"Conseguimos sair daqui com a liderança reforçada no Nacional, que era o nosso principal foco, e somos agora os líderes do Europeu de Ralis. Não foi um rali fácil e sentimos, em algumas especiais, dificuldades em impor o ritmo que queríamos. Lutámos, tentámos tudo, e o trabalho de toda equipa foi recompensado por este desfecho muito positivo para nós. Estamos muito satisfeitos, obviamente", comentou, no final.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de