Rui Costa a favor do diálogo "em nome dos interesses do futebol português"

Líder encarnado garante que há um interesse de todas as equipas em que os adversários "sejam mais fortes e tenham mais poder financeiro".

Rui Costa esteve esta quinta-feira pela primeira vez numa cimeira de presidentes na qualidade de líder do Benfica e, no final do encontro, sublinhou que é a favor do diálogo "em nome dos interesses do futebol português".

O dirigente mostrou-se satisfeito com o que foi falado na reunião, temas que passaram essencialmente pelos "aspetos financeiros e defesa do futebol".

"Foi uma pequena ordem de trabalhos, sempre nos interesses do futebol português e correu muito bem. É a minha primeira cimeira enquanto presidente e fico contente pela disponibilidade dos 34 clubes terem o interesse da melhoria do futebol português e da indústria. Saio muito satisfeito com isto. Tudo era virado para aspetos financeiros e defesa do futebol português. Foram debatidos temas que serão estudados e analisados nos próximos dias, de forma a criar-se uma mais-valia nos dois campeonatos", começou por dizer Rui Costa à saída da cimeira.

A questão da centralização de direitos televisivos foi também abordada e, segundo o dirigente dos 'encarnados', "será criada uma forma de estudar qual o melhor processo para chegar a um fim que sirva para todos".

"Não é difícil para ninguém pensar que o futuro do futebol português passa pelo interesse de todos e não só de dois ou três ou de quatro ou cinco. Todos temos interesse que o futebol português melhore, que as equipas sejam mais fortes e tenham mais poder financeiro. Ninguém quer ser prejudicado e eu, em nome do Benfica, é óbvio que não quero sair prejudicado, mas não tenho interesse em pensar sozinho no futebol português", apontou.

Rui Costa reafirmou a vontade no diálogo de forma a chegar a bom porto.

"O Benfica estará sempre disponível para o bem do futebol português, sem sair prejudicado de nenhuma situação, mas com disponibilidade máxima de discutir e ouvir", concluiu.

Sobre o futuro diretivo do Benfica, Rui Costa não quis prestar qualquer tipo de comentário.

"Hoje só vim enquanto presidente do Benfica e não aquilo que se vai passar no Benfica no futuro. Não estou em campanha eleitoral", salientou ainda.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de