Últimas

Rui Costa acena ao público no final do jogo entre o Vitória de Setúbal e o Benfica, o último jogo na

Rui Costa, "O Maestro". A história e os sonhos de um benfiquista desde o berço

Portugal também teve o seu maestro. Alinharam-se, pois, os astros a 29 de março de 1972 para deitar ao mundo Rui Manuel César Costa, ou, no mundo do futebol, simplesmente Rui Costa. Natural de Lisboa e benfiquista desde o berço, Rui tinha, como qualquer criança, o sonho de representar a equipa do seu coração. O talento, desde cedo, começou a ficar visível e daí a um treino de captações organizado pelo Sport Lisboa e Benfica, na antiga Luz, foi um tiro. Treino que, segundo o próprio, "era mais um foco de divertimento aos filhos dos sócios", como era o seu caso.