Waldschmidt sai do Benfica. Jogador foi vendido ao Wolfsburg

O Benfica chegou a acordo com o clube alemão e vendeu Waldschmidt por 12 milhões de euros.

Luca Waldschmidt já não é jogador do Benfica. O clube encarnado vendeu o jogador ao Wolfsburg por 12 milhões de euros.

De acordo com um comunicado enviado à CMVM, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o Sport Lisboa e Benfica "informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que chegou a acordo com o Wolfsburg para a alienação da totalidade dos direitos do jogador Gian-Luca Waldschmidt, pelo montante de € 12.000.000 (doze milhões de euros)".

"Mais se informa que a Benfica SAD não terá qualquer encargo com serviços de intermediação relativos a esta transferência e o Wolfsburg terá o direito a reter o mecanismo de solidariedade para posterior distribuição aos clubes que participaram na formação do jogador", lê-se também no documento.

Waldschmidt deixa Benfica pouco mais de um ano depois de ter sido anunciado em agosto de 2020 como reforço das 'águias', com o clube a pagar então 15 milhões de euros pelo jogador, com o qual assinou um contrato até 2025.

A saída do jogador acabou por significar uma 'desvalorização' de três milhões de euros para Benfica, que, quando contratou o avançado, de 25 anos, pagou mais e chegou a anunciar uma cláusula de rescisão na ordem dos 88 milhões de euros.

Esta época, a segunda sob o comando de Jorge Jesus e também aquela que seria a segunda do avançado, o alemão foi apenas utilizado nos dois primeiros jogos na Liga, a titular com o Moreirense e com o Arouca.

Em ambos os jogos, Waldschmidt teve papel decisivo, ao marcar o segundo golo nas duas vitórias, por 2-1 e 2-0.

Nos jogos da 'Champions', nomeadamente na terceira pré-eliminatória com o Spartak Moscovo e na primeira mão do 'play-off', com os holandeses do PSV Eindhoven, o avançado germânico não saiu do banco de suplentes.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de