A Poveira: enlatados entre as técnicas ancestrais e as novas tecnologias

Esta terça-feira, o "Na minha praia" faz uma visita à Poveira, uma fábrica da Póvoa de Varzim.

Desde o século XVII que a Póvoa de Varzim está ligada à indústria da conservação de pescado. Uma das referências nesta área é a Poveira, que desde 1938 continua ligada à Póvoa e a dar emprego a centenas de trabalhadores.

A Poveira combina técnicas ainda ancestrais com tecnologia avançada. Recebe peixe fresco todos os dias e no final de cada jornada tem no armazém mais cerca de 150 mil latas de conserva: sardinha, cavala, atum e bacalhau.

Damos a volta à produção com Sofia Brandão, a diretora comercial e de marketing.

A Poveira está na Póvoa de Varzim, a praia desta semana escolhida pelo jornalista e escritor José Carlos Vasconcelos.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de