Análise ao Oneplus 8: um brilhante compromisso
Mundo Digital

Análise ao Oneplus 8: um brilhante compromisso

Estamos em 2020 e a Oneplus já não se pode orgulhar de fazer smartphones com características de topo-de-gama a preços de amigo. No entanto, este Oneplus 8 não deixa de ser um telemóvel muito interessante.

Há muitos prismas por onde avaliar e gostar do Oneplus 8. Pena é que o prisma dos euros não seja um deles. Já lá vai o tempo em que a fabricante chinesa conseguia cativar clientes por ser uma marca anti-sistema e acessível.

Dito isto, é evidente que este novo equipamento está carregado de coisas boas.

Prós e Contras...

Por exemplo, o ecrã AMOLED a 90Hz. O mesmo se passa com a autonomia, que nunca mais acaba e com um conjunto de características como a compatibilidade com as redes 5G (quando elas nascerem em Portugal), mas também o processador que é um Snapdragon 865 e é o mais rápido que já vi num smartphone.

Pena é que no campo fotográfico ele se arraste um pouco em relação aos concorrentes diretos e que não inclua tecnolcogia de carregamento sem-fios.

Por outro lado, e de regresso às boas notícias, há que destacar o OxygenOS. Ele vem com o Android 10 mas a Oneplus cobre-o com um interface gráfico - o tal OxygenOS - que está muito bem trabalhado.. Praticamente todas as fabricantes de telemóveis desenvolvem os seus interfaces gráficos. O problema é que muitas fazem asneira. Não é esse o caso da Oneplus.

Considerandos finais....

O Oneplus 8 é, evidentemente, um telemóvel com características interessantes. Pena o aumento de preço face à geração anterior. Apesar das caracterísiticas melhoradas, convém espreitar a que preço está o antecessor, o Oneplus 7T .

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de