Lenovo Smart Clock, o despertador para os fanáticos da tecnologia
Mundo Digital - Análises

Lenovo Smart Clock, o despertador para os fanáticos da tecnologia

Já lá vai o tempo em que os relógios despertadores eram um item obrigatório de qualquer mesinha de cabeceira. Os telemóveis substituíram-nos. Mas, no que depender da Lenovo, ainda há esperança. A solução passa pela tecnologia de assistente de voz.

O Lenovo Smart Clock é um relógio despertador com uns pozinhos.

Inclui a tecnologia Assistente Google e isso faz toda a diferença face aos despertadores do passado. Graças a ela, podemos usar a voz para ativar e desativar alarmes; para saber se vai chover durante o dia, ou amanhã, ou na passagem de ano; para ouvir o Spotify ou a TSF. Dá até para ouvir podcasts em concreto, o do Mundo Digital, por exemplo. Veja-o em ação no vídeo.

Mas faz ainda mais.

Uma versão atualizada do sistema operativo passou a permitir assistir ao Netflix, ou vídeos do Youtube, através de ecrã do relógio. Portanto, é bestial, tem um aspeto pouco intrusivo e faz proezas.

Pena é que não seja tudo extraordinário neste dispositivo.

ONDE DEIXA A DESEJAR

Já que se falou em rádio e Spotify, convém sublinhar que a qualidade do som não é nada de especial. Que ninguém esteja à espera de substituir uma coluna inteligente por este despertador. A verdade é que ele é pequeno demais para que o som que produz seja suficiente para animar uma sala.

Uma coisa é dar os bons dias, outra é fazer a festa.

O ecrã de 4 polegadas também não é nada de que se possa gabar. Para ver filmes ou fotos as cores são demasiado mortiças. E a moldura à volta da tela parece ter nascido em 2011.

MAS O QUE MAIS DESILUDE É OUTRA COISA

A chegada do Assistente Google a Portugal aconteceu há mais de um mês. Na altura, a criadora do Android tratou logo de avisar que (por enquanto) o assistente por voz só funcionava nos telemóveis. Ora, o problema é que a situação se mantém e assim só dá para falar com o Lenovo Smart Clock "in english".

Isso mesmo. Ou se fala com o dispositivo em inglês ou então ele não percebe nada do que lhe dizemos. Good luck with that.

ULTRAPASSANDO ISSO...

Pondo de lado esse porMAIOR, ou seja, se estiver disposto a falar inglês com o bichinho, então está aqui uma bela proposta. A custa 70 euros é certamente mais caro do que muitos dos outros despertadores, mas também é verdade que faz coisas com que os outros nem sonham.

Vai ao ponto de reconhecer várias vozes e responder de acordo com quem fizer a questão. Por exemplo, se lhe perguntar (again, in english) que reuniões tem marcadas para a tarde, o relógio diz-lhe. Mas se for outra pessoa a perguntar a resposta é qualquer coisa como "não posso dizer".

Privacidade que se estende também para outros dois campos. Primeiro, ele tem um botão que permite desligar o microfone para que nada que se passa dentro do quarto seja ouvido. Segundo, não tem câmara de filmar. Muito provavelmente pelas mesmíssimas razões.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de