Quanto custa uma oração? Vaticano lança "eRosário - clique para rezar", por 99 euros

Um rosário eletrónico. É o equipamento que o Vaticano acaba de pôr à venda e anunciar em comunicado. A Santa Sé diz que se trata de de um "eRosário - clique para rezar".

É a mais recente iniciativa da Igreja Católica para atrair os jovens ao catolicismo. Pelo menos aqueles que gostam de tecnologia.

Este terço em particular é uma espécie de "wearable", ou seja, um equipamento que se pode vestir ou usar, neste caso, como pulseira, que está ligado a uma app no smartphone e que se ativa fazendo o sinal da cruz.

O equipamento é composto por dez contas feitas em ágata e hematita e também por um "crucifixo inteligente", diz o Vaticano, já que ele pode guardar alguma informação.

Assim que se ativa o terço, o fiel utilizador pode escolher se quer rezar o rosário normal, se o dos mistérios ou se um terço temático que a app vai atualizando ao longo do ano. À boa maneira dos wearables, o dispositivo vai dando conta da progressão ao longo da oração e contabiliza o número total de terços rezados.

No comunicado, o Vaticano esclarece que o equipamento faz parte da família "Clique para Rezar", a app oficial do Papa para a Rede Mundial de Oração e tem como objectivo ser uma ferramenta de ensinamento de como rezar o terço pode contribuir para a paz no mundo.

Custa 99 euros e, por enquanto, só pode ser adquirido na Amazon Italiana .

Também conta passos e calorias.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados