Alemanha regista máximo de novos casos de Covid-19

Nas últimas 24 horas, foram registadas 80.430 infeções. O máximo diário anterior era de 63.371 casos.

A Alemanha registou 80.430 infetados com o coronavírus nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia, de acordo com os últimos números do Instituto Robert Koch para a virologia.

O pico tinha sido registado anteriormente a 18 de novembro de 2021 com 63.371 infeções.

A incidência semanal atingiu 407,5 infeções por cem mil habitantes e 384 pessoas morreram de causas relacionadas com a doença.

A incidência da hospitalização foi de 3,4 pessoas por cem mil habitantes por semana.

Perto de 72% da população alemã recebeu as doses completas da vacina e 43,5% a de reforço.

A Covid-19 provocou 5.494.101 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência de notícias France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

Uma nova variante, a Ómicron, considerada preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, em novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 110 países, sendo dominante em Portugal.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de