As imagens da ajuda europeia em Beirute

União Europeia mostrou-se bastante solidária com os efeitos das explosões que assolaram o Líbano.

As equipas portuguesas não precisaram de ir para Beirute, mas a União Europeia mostrou-se bastante solidária com os efeitos das explosões que assolaram o Líbano e enviou equipas, de vários países para ajudar nos trabalhos de busca e salvamento.

Tal como Portugal, a Áustria e o Chipre disponibilizaram-se para mandar operacionais, mas as autoridades libanesas consideram que já estão equipas suficientes no terreno.

Os números estão em constante evolução, mas segundo a Comissão Europeia seguiram para Beirute, no âmbito do mecanismo europeu de proteção civil, cerca de 250 operacionais e especialistas, bem como equipamento e material para auxiliar nos trabalhos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de