Avião paquistanês com 98 pessoas a bordo cai em Karachi

O avião da Pakistan International Airlines caiu na cidade mais populosa do Paquistão.

Um avião da Pakistan International Airlines caiu, esta sexta-feira, em Karachi, a cidade com mais população do Paquistão. O voo PK-8303 tinha partido de Lahore, também no país. Inicialmente, as autoridades tinham informado que viajavam a bordo da aeronave 99 passageiros e oito membros da tripulação, mas entretanto esclareceram que eram 91 passageiros e sete membros da tripulação.

O presidente da Câmara de Carachi, Wasim Akhtar, dissera que todos os que estavam a bordo teriam morrido, mas as autoridades da aviação civil paquistanesa informaram mais tarde acreditar que haja pelo menos dois sobreviventes.

As emissoras televisivas locais, por seu lado, estão a reportar que pelo menos seis passageiros, que voavam na primeira fila do avião, poderão ter sobrevivido, tendo sido já resgatados pelas equipas de salvamento.

O Airbus A320 da PIA terá tentado aterrar duas ou três vezes antes de se despenhar numa área residencial perto do aeroporto internacional Jinnah, tendo destruído pelo menos cinco ou seis casas, segundo Akhtar.

O acidente do Airbus A320, que se destinava ao Aeroporto Internacional de Jinnah, terá tido origem numa falha técnica. Imagens transmitidas pela televisão pública do país mostram que o aparelho se despenhou num bairro residencial.

As informações de aeronavegabilidade revelam que o avião recebeu uma verificação pela última vez a 1 de novembro de 2019, tendo recebido o comprovativo de estar em condições de voar.

O primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan, usou a sua conta na rede social Twitter para lamentar o acidente, dizendo-se "chocado e triste" e prometendo um inquérito imediato às circunstâncias da tragédia.

Notícia atualizada às 15h37

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de