Boris Johnson espera que deputados britânicos acabem com o impasse esta terça-feira

Se a proposta de lei for aprovada esta terça-feira, voltou a afirmar Boris Johnson, o Reino Unido terá a oportunidade de lidar com as prioridades, não só da relação futura com Bruxelas, mas também do próprio país.

Boris Johnson aproveitou o início do debate sobre a proposta de lei para o Brexit para lamentar o resultado do debate de sábado, afirmando, contudo, que os deputados britânicos ainda vão a tempo de corrigir a situação, caso o acordo seja ratificado para por um fim ao Brexit.

Ao mesmo tempo que o primeiro-ministro discursava, a BBC citava uma fonte do Executivo que afirma que, caso o Governo seja derrotado esta terça-feira e perca a votação, Boris Johnson deverá abandonar os planos para que este acordo seja aprovado. Por outro lado, se se confirmar o adiamento concedido por Bruxelas, o primeiro-ministro deverá tentar forçar eleições antecipadas.

Se a proposta de lei for aprovada esta terça-feira, voltou a afirmar Boris Johnson, o Reino Unido terá a oportunidade de lidar com as prioridades, não só da relação futura com Bruxelas, mas também do próprio país.

Sobre a falta de avaliação do impacto do acordo na economia britânica, Boris Johnson disse estar confiante de que haverá um aumento do investimento no país. O acordo será "uma injeção forte no braço da economia" britânica, disse o governante.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados