Boris Johnson ameaça não pagar 33 mil milhões a Bruxelas

O primeiro-ministro britânico deve comunicar a decisão este domingo na cimeira do G7.

Boris Johnson ameaça Bruxelas com o não-pagamento de 33 mil milhões de euros que deveriam ser entregues por Londres por causa do Brexit. A notícia é avançada pelo jornal inglês Daily Mail que acrescenta que o primeiro-ministro britânico vai transmitir esta decisão aos líderes europeus este domingo na cimeira do G7.

Nas negociações com Bruxelas, a antiga chefe de governo Theresa May acordou um pacote de 43 mil milhões de euros a pagar pelo Reino Unido devido a custos europeus com a saída.

A equipa legal de Downing Street terá, no entanto, concluído que no cenário de saída sem acordo, e sem período transitório, esses custos sofrem cortes radicais.

Boris Johnson vai, por isso, argumentar que os britânicos devem pagar apenas 10 mil milhões de euros, cerca de quatro vezes menos do que o valor negociado.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de