"Foi um sucesso." O rei Juan Carlos foi operado pela 17.ª vez

Aos 81 anos, Juan Carlos foi submetido à 17.ª operação da sua vida.

O rei emérito espanhol, Juan Carlos, de 81 anos, foi, este sábado, submetido a uma cirurgia cardíaca, na clínica Quirón de Pozuelo de Alarcón, em Madrid, a 17.ª operação da sua vida. De acordo com o jornal El País, a intervenção do rei Juan Carlos com o coração aberto "foi um sucesso". As declarações são da diretora administrativa da clínica, Lucía Alonso.

A operação estava programada desde junho de 2018, uma intervenção considerada necessária após exames médicos na mesma clínica na qual será operado.

O responsável pela realização da operação foi o chefe do departamento de Cirurgia Cardíaca daquela unidade de saúde, Alberto Forteza, que também lidera Cirurgia Cardiovascular do Hospital Puerta de Hierro de Majadahonda, em Madrid.

A última intervenção cirúrgica aconteceu a 7 de abril 2018, com foi substituída uma prótese no seu joelho direito.

Em 2014, Juan Carlos decidiu abdicar da coroa a favor do filho numa decisão "muito meditada" e na qual não foi apontado o estado de saúde como um problema. O rei emérito abandonou as suas atividades oficiais a 2 de junho deste ano.

Juan Carlos nasceu em Roma a 5 de janeiro de 1938, filho de Juan de Bourbon y Battenberg e de María de las Mercedes de Bourbon y Orleáns.

Aos três anos, tornou-se herdeiro da família real espanhola depois de o seu avô ter abdicado para o seu filho, Juan Carlos.

O primeiro rei espanhol a abdicar foi Carlos V que cedeu os seus direitos dinásticos como rei de Espanha em 1556 em favor de seu filho Filipe II, e como imperador, em favor de seu irmão, Fernando I de Habsburgo.

Juan Carlos foi o sexto rei da história espanhola a abdicar e o primeiro a fazê-lo desde a renúncia de Alfonso XIII, em 1941, em favor do seu filho, Juan de Bourbon, pai do rei espanhol que renunciou ao cargo para Filipe VI.

Engageya Widget 1

Engageya Widget 2

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de