L'Oréal retira termos "branqueador" e "clarear" das embalagens

O grupo Unilever diz-se comprometido com a missão de "celebrar todos os tons de pele".

Palavras como "branco" (white), "branqueador" (whitening), "claro" (fair), "clarear" (fairness) e "iluminar" (light/lightning) vão deixar de constar nos produtos da empresa francesa L'Óreal, na sequência dos protestos antirracistas que têm ocorrido em todo o mundo.

A gigante de comercialização de cosméticos revelou em comunicado que as expressões serão eliminadas dos produtos para "homogeneizar a pele".

Na quinta-feira, a filial indiana da Unilever já tinha anunciado que o creme para clarear a pele "Fair&Lovely" ("Clara&Bonita") veria o seu nome alterado. O grupo diz-se agora comprometido com a missão de "celebrar todos os tons de pele".

Várias marcas têm divulgado mudanças de estratégia depois de os movimentos antirracistas terem inundado as ruas em várias cidades do mundo, num gesto de revolta pela morte de George Floyd durante uma detenção policial em Minneapolis.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de