Morreu Larry Tesler, o inventor do "copiar", "colar" e "cortar"

Engenheiro informático que trabalhou na Apple entre 1980 e 1997 morreu aos 74 anos.

Larry Tesler, o engenheiro informático conhecido por criar os comandos "copiar", "colar" e "cortar" dos computadores, morreu na segunda-feira, aos 74 anos. Lembrado como o homem que combinou a engenharia informática com a ideia de que os computadores deviam ser para todos, Tesler nasceu em 1945, em Nova Iorque, nos EUA, e estudou ciência da computação em Stanford.

Depois de trabalhar em várias investigações ligadas à Inteligência Artificial, o engenheiro entrou para o Centro de Pesquisa Palo Alto (PARC) da Xerox, em 1973. Foi aí que desenvolveu os comandos "cortar", "copiar" e "colar", que mais tarde foram introduzidos nos computadores da Apple. O primeiro a usá-los foi o computador Lisa, lançado em 1983.

Três anos antes, em 1980, Tesler juntou-se à empresa fundada por Steve Jobs e lá ficou até 1997. Trabalhou em produtos como o Macintosh, QuickTime, Lisa e o tablet Newton. Em 1993 assumiu o cargo de cientista-chefe na Apple, uma posição que também foi ocupara por Steve Wozniak.

Depois de deixar a Apple, Tesler trabalhou na Stagecast, uma startup de software educacional, na Amazon, Yahoo e 23andMe.

O Museu da História dos Computadores de Silicon Valley recorda Larry Tesler como o homem que "combinou a engenharia informática com uma visão de contracultura de que os computadores deviam ser para todos". Já a Xerox, não nos deixa esquecer que os dias de trabalho são mais fáceis "por causa das suas ideias revolucionárias".

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de