"Foi um sucesso." O rei Juan Carlos foi operado pela 17.ª vez

Aos 81 anos, Juan Carlos foi submetido à 17.ª operação da sua vida.

O rei emérito espanhol, Juan Carlos, de 81 anos, foi, este sábado, submetido a uma cirurgia cardíaca, na clínica Quirón de Pozuelo de Alarcón, em Madrid, a 17.ª operação da sua vida. De acordo com o jornal El País, a intervenção do rei Juan Carlos com o coração aberto "foi um sucesso". As declarações são da diretora administrativa da clínica, Lucía Alonso.

A operação estava programada desde junho de 2018, uma intervenção considerada necessária após exames médicos na mesma clínica na qual será operado.

O responsável pela realização da operação foi o chefe do departamento de Cirurgia Cardíaca daquela unidade de saúde, Alberto Forteza, que também lidera Cirurgia Cardiovascular do Hospital Puerta de Hierro de Majadahonda, em Madrid.

A última intervenção cirúrgica aconteceu a 7 de abril 2018, com foi substituída uma prótese no seu joelho direito.

Em 2014, Juan Carlos decidiu abdicar da coroa a favor do filho numa decisão "muito meditada" e na qual não foi apontado o estado de saúde como um problema. O rei emérito abandonou as suas atividades oficiais a 2 de junho deste ano.

Juan Carlos nasceu em Roma a 5 de janeiro de 1938, filho de Juan de Bourbon y Battenberg e de María de las Mercedes de Bourbon y Orleáns.

Aos três anos, tornou-se herdeiro da família real espanhola depois de o seu avô ter abdicado para o seu filho, Juan Carlos.

O primeiro rei espanhol a abdicar foi Carlos V que cedeu os seus direitos dinásticos como rei de Espanha em 1556 em favor de seu filho Filipe II, e como imperador, em favor de seu irmão, Fernando I de Habsburgo.

Juan Carlos foi o sexto rei da história espanhola a abdicar e o primeiro a fazê-lo desde a renúncia de Alfonso XIII, em 1941, em favor do seu filho, Juan de Bourbon, pai do rei espanhol que renunciou ao cargo para Filipe VI.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de