Festival MIL, o Regresso dos Festivais

Começa amanhã, 15 de setembro, em Lisboa, o Festival Mil, o primeiro festival de vários concertos depois do confinamento ter adiado a versão do ano passado 2020.

A cultura da música é ao vivo, é a bandeira premissa do Festival Mil, que, depois de sacudir a pandemia, quer gente a ver ao vivo, música feita ali em palco.

A voz do Festival Mil, Pedro Azevedo, quer mesmo que gente que esteve confinada traga agora música nova.

Três dias com mais de 15 espetáculos por dia, com música, projetos novos, alguns alterados, um festival que abre a porta a esta ideia de voltar a ter gente a ver música ao vivo, mesmo que ainda com as regras para a pandemia.

Bandas que chegam de vários países da Europa, mas também da América Latina e um dos pontos fundamentais do Festival Mil. São muitos os convidados e programadores que chegam com ouvidos especiais, para que as bandas possam rumar a novos caminhos.

Cinco palcos, para o Festival Mil, no Hub Criativo do Beato, em Lisboa, para três dias, com concertos e debates à volta da nova música para um admirável novo mundo.

Festival Mil, 5.ª edição, de dia 15 até dia 17 de setembro de 2021

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de