Luís Represas regressa aos palcos este sábado

Depois da pandemia e de uma infeção que o obrigou a parar, Luís Represas diz que voltar ao palco é como "voltar duplamente à vida".

Luís Represas volta aos palcos, este sábado, para levar o público "Ao Canto da Noite".

Depois da pandemia, Luís Represas teve um outro episódio particular que o obrigou a adiar o espetáculo do início do mês de março para o final deste mês de abril. Agora, já recuperado de uma endocardite, uma infeção no coração, Represas regressa aos palcos, o lugar onde pode partilhar olhos nos olhos o trabalho que vem fazendo há mais de 40 anos.

De temas como "Perdidamente" com os Trovante até à "Feiticeira" já no caminho a solo, são muitas as canções conhecidas por um público fiel mas o cantor e compositor espera também mostrar outras canções a um novo público que queira descobrir o seu trabalho.

E no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa, pelas 21h30, vai estar só Represas em palco para voltar à raiz das canções e até contando histórias associadas aos vários momentos da carreira do cantor de " Hora do Lobo", "Foi Como Foi", Neva sobre a Marginal", "Chave dos Sonhos" ou "Timor".

É o regresso ao palco do cantor e compositor que quer deixar de lado, de vez a pandemia e a sua questão de saúde pessoal, e voltar também à escrita e a novas composições. Afirma que, depois da pandemia e do susto é como "voltar duplamente à vida".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de