Centeno admite queda de 25% do PIB em março e derrapagem de 13 mil milhões no ano

Centeno deverá apresentar o quadro orçamental no âmbito do orçamento suplementar na terça-feira.

O ministro das Finanças admitiu que o PIB tenha caído 25% nos últimos dias de março devido à crise provocada pela pandemia de Covid-19, estimando uma derrapagem de 13 mil milhões de euros nas contas públicas nacionais.

"Nos últimos dias de março e nos primeiros de abril o PIB [Produto Interno Bruto], a nossa produção, terá caído face ao mesmo período do ano passado números próximos dos 25%. Isto não aconteceu na nossa memória recente nunca em Portugal", disse Mário Centeno em entrevista à Antena 1.

O titular da pasta das Finanças, deverá apresentar o quadro orçamental no âmbito do orçamento suplementar na terça-feira.

"Devemos ter uma diferença, digamos assim, de necessidades de financiamento face àquilo que tínhamos projetado no início do ano para 2020, próxima dos 13 mil milhões de euros. Treze mil milhões de euros para financiar no mercado", disse.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de