Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O ex-ministro das finanças deverá começar no Banco de Portugal já na próxima segunda-feira.

O Conselho de Ministros nomeou, esta quinta-feira, Mário Centeno para o cargo de governador do Banco de Portugal.

Centeno fica à frente do Banco de Portugal "já a partir da próxima segunda-feira", adiantou a ministra do Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva no briefing aos jornalistas após a reunião do Conselho de Minitstros.

Mário Centeno sucede a Carlos Costa, cujo mandato terminou em 08 de julho, depois de 10 anos no cargo.
A Comissão de Orçamento e Finanças já tinha aprovado esta quarta-feira o relatório descritivo da audição do ex-ministro das Finanças para o cargo.

Na aprovação do documento, o PS votou a favor e o PSD, Iniciativa Liberal e PAN votaram contra. O PCP e o PSD abstiveram-se.

O atual ministro das Finanças, João Leão, sublinhou esta quarta-feira que os portugueses devem "ficar contentes por [Mário Centeno] ter aceitado ficar em Portugal", referindo-se ao seu antecessor como alguém "que granjeou um prestígio sem paralelo".

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de