Endesa ganha direitos para explorar central fotovoltaica na barragem do Rabagão

Projeto envolve um investimento de cerca de 115 milhões de euros e deverá entrar em funcionamento em 2026.

A Endesa ganhou o direito de ligação dos 42 megawatt (MW) leiloados na barragem do Alto Rabagão, Montalegre, para a instalação de um projeto de energia solar fotovoltaica flutuante com investimento de 115 milhões de euros, disse esta terça-feira a empresa.

"A Endesa, através da sua subsidiária Endesa Generación Portugal, ganhou o primeiro leilão solar flutuante em albufeiras na Península Ibérica com uma ligação de 42 MVA [megavolt ampere, equivalente a megawatt] com direito a instalar um projeto de energia solar fotovoltaica flutuante na albufeira do Alto do Rabagão", informou, em comunicado enviado às redações.

Segundo a empresa, o projeto naquela barragem vai envolver um investimento de cerca de 115 milhões de euros e deverá entrar em funcionamento em 2026.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de