Turismo mantém aceleração em fevereiro com mais de 500% de hóspedes e dormidas

Segundo os dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística, "o setor do alojamento turístico registou 1,2 milhões de hóspedes e 2,9 milhões de dormidas em fevereiro de 2022".

O alojamento turístico manteve a aceleração, em fevereiro, com 1,2 milhões de hóspedes e 2,9 milhões de dormidas registadas, o que corresponde a subidas homólogas de 507% e 527,1%, respetivamente, segundo dados do INE, esta quinta-feira divulgados.

Segundo as estatísticas rápidas da atividade turística, publicadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), "o setor do alojamento turístico registou 1,2 milhões de hóspedes e 2,9 milhões de dormidas em fevereiro de 2022, correspondendo a aumentos de 507,0% e 527,1%, respetivamente".

O crescimento registado no mês de fevereiro superou assim o que tinha já sido observado em janeiro, mês em que se verificaram subidas de 182,3% nos hóspedes e de 185% nas dormidas.

No entanto, os valores foram ainda inferiores aos observados em fevereiro de 2020, quando ainda não havia medidas restritivas em Portugal devido à pandemia, com reduções de 21,2% nos hóspedes e 23,1% nas dormidas.

No mês em análise, o mercado interno contribuiu com 1,2 milhões de dormidas e os mercados externos com 1,8 milhões, observou a entidade estatística.

Face a fevereiro de 2020, registaram-se diminuições quer nas dormidas de residentes (-11,1%), quer nas de não residentes (-29,2%).

De acordo com o INE, em fevereiro, 36% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (que compara com 41,6% em janeiro).

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de