Costa e Vieira? PCP recusa acompanhar "ideias de restrições de direitos individuais"

João Oliveira não quer alimentar "campanhas dessa natureza".

O PCP recusa alimentar a polémica em torno da presença de António Costa na comissão de honra de Luís Filipe Vieira, na recandidatura à presidência do Benfica.

João Oliveira, na conferência de imprensa onde foram apresentadas as iniciativas do PCP para este ano legislativo, afirmou que o partido "não acompanha ideias de restrições de direitos individuais nem de consideração de incompatibilidades dos titulares de cargos políticos que não sejam aquelas que estão na lei".

O líder parlamentar comunista realça que as "incompatibilidades e incumprimentos estão previstos na lei", o que leva o partido a "não alimentar campanhas dessa natureza".

Contudo, João Oliveira acrescenta que "a decisão individual de cada um relativamente a isso tem de merecer uma ponderação dos próprios relativamente às implicações que isso tem".

Jerónimo de Sousa, no final da reunião do comité central, tinha recusado falar sobre o tema: "Não é matéria nem momento para comentar essa questão."

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de