Costa mostra reabilitação ribeirinha do Tejo a Charles Michel

As comitivas deslocaram-se do Mercado da Ribeira até ao Terreiro do Paço, através da Ribeira das Naus.

O primeiro-ministro português passeou esta quinta-feira com o presidente eleito do Conselho Europeu, o belga e liberal Charles Michel, na frente ribeirinha do rio Tejo, em Lisboa, mostrando a reabilitação de que a zona foi alvo nos últimos anos.

Numa caminhada ao pôr-do-sol de cerca de meia hora, António Costa e ambas as comitivas deslocaram-se do Mercado da Ribeira até ao Terreiro do Paço, através da Ribeira das Naus, passando pela Agência Europeia de Segurança Marítima.

O percurso foi sendo interrompido para as populares selfies e para observação dos vários cartazes na via pública com fotografias dos locais, antes e depois das intervenções de renovação e melhoria da mobilidade. O encontro começou pelas 17h13, com uma visita ao moderno espaço de co-working (escritório coletivo) Second Home (Segundo Lar, em português), onde trabalham diariamente cerca de 250 pessoas, metade das quais estrangeira, desde empresários por conta própria a pequenas e médias empresas, no transformado Mercado da Ribeira.

Além de Costa, antigo autarca lisboeta, o também primeiro-ministro belga, que vai tomar posse no Conselho Europeu em dezembro, foi recebido pelo ministro Adjunto e da Economia, Siza Vieira, e pelo vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa, Miguel Gaspar.

Depois de mais uma paragem num dos restaurantes da Ribeira, o líder do Governo luso e o sucessor do polaco Donald Tusk na instituição que define as diretrizes políticas da União Europeia, onde têm assento os chefes de Estado e de Governo dos 28 Estados-membros, seguiram a pé rumo à Praça do Comércio, onde, pelas 18h37, já os esperava a caravana de viaturas.

Costa e Michel seguiram para uma reunião de trabalho na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, seguindo-se uma conferência de imprensa e um jantar.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de