Troca de argumentos continua. Catarina Martins pede "humildade" a Costa

Em causa estão as declarações do primeiro-ministro sobre o Bloco de Esquerda.

A coordenadora do Bloco de Esquerda acredita que é nas eleições que os portugueses vão dizer em que partido confiam. Catarina Martins reage desta forma à polémica gerada depois da entrevista de António Costa, na qual o primeiro-ministro insinuou que o Bloco de Esquerda vive na angústia de ser notícia todos os dias.

Questionada pelos jornalistas em Penafiel, a dirigente do BE foi parca em palavras: "Eu acho normal que os partidos, nesta altura, mostrem as diferenças que têm, mas é bom que também tenhamos a humildade de reconhecer o que foi feito em conjunto sem apagar as diferenças e apresentarmos o que queremos para o país."

No mesmo plano, Catarina Martins sublinha que as prioridades do partido, neste momento, são "discutir qual é a legislação laboral que vai garantir salários dignos, como é que respeitamos as pensões de quem trabalhou toda uma vida, como é que o nosso SNS é mais forte e garante os cuidados de saúde a toda a população."

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de