Morreu Lino Miguel, primeiro ministro da República para a Madeira

O primeiro ministro da República para a Região Autónoma da Madeira tinha 86 anos.

O primeiro ministro da República para a Região Autónoma da Madeira, Lino Miguel, morreu aos 86 anos, anunciou este sábado o Representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto.

"Gostaria de transmitir a morte do primeiro ministro da República para a Região Autónoma da Madeira, o general da Força Aérea, Lino Miguel", afirmou Ireneu Barreto em declarações aos jornalistas.

O Representante da República recordou que Lino Miguel, nascido em 1936, foi ministro da República para a Madeira entre julho de 1976 e outubro de 1991, "numa época muito importante para a região".

"Estávamos no começo da autonomia, que foi conquistada a pouco e pouco, e o general Lino Miguel teve um papel fundamental na construção dessa autonomia, na medida em que participava nessa altura no Conselho de Ministros, onde as leis eram aprovadas", destacou.

Teve também "uma participação ativa no primeiro estatuto político-administrativo da região e deixou uma obra notável", apontou Ireneu Barreto, reforçando que "foi um elemento fundamental na consolidação da autonomia da Madeira".

O Representante da República apresentou as suas "sentidas condolências" à família e amigos do general Lino Miguel.

Também o Governo Regional da Madeira emitiu uma nota de pesar pelo seu falecimento, recordando o general da Força Aérea como um "ilustre português" e "madeirense de coração".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de