DGS descarta dois casos suspeitos de coronavírus

Doente que tinha sido encaminhada para o Hospital de de São João, no Porto, não constitui um caso suspeito.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informa que o 9.º e 10.º casos suspeitos de infeção, encaminhados para o Centro Hospitalar Universitário de São João e Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar e Universitário de Lisboa Central, foram negativos após realização de análises laboratoriais pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), com duas amostras biológicas negativas.

No mesmo comunicado, a DGS anunciava a existência de um novo caso suspeito de coronavírus em Portugal. Mais tarde foi definido que o caso não constitui sequer suspeita da doença, pelo que não foi realizada a colheita de amostras biológicas para análise pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

Já houve em Portugal 10 casos suspeitos, dos quais nenhum se confirmou.

O Centro Hospitalar Universitário de São João é um dos hospitais de referência para os casos de covid-19, à semelhança do Curry Cabral e Dona Estefânia, em Lisboa.

LEIA AQUI TUDO SOBRE O SURTO DO NOVO CORONAVÍRUS

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de