Para ler ao meio-dia. Vacinas antecipadas, cheias na China e os órfãos que a pandemia deixou

Aproveite a pausa da hora de almoço para conhecer os temas que marcaram a manhã informativa da TSF.

Portugal deverá receber antecipadamente mais vacinas da Pfizer. A ministra da Saúde anunciou esta quarta-feira que o Governo português está a negociar com a Comissão Europeia e alguns Estados-membros para que Portugal receba antecipadamente mais doses de vacina contra a covid-19 da Pfizer.

Quase 600 crianças ficaram órfãs em Portugal durante a pandemia de Covid-19. Em Portugal, 590 crianças e adolescentes terão ficado órfãos durante a pandemia de Covid-19, número que ascende a 660 se for incluída a perda de avós que tinham a sua guarda, revela um estudo publicado pela revista The Lancet.

O mundo está a falhar na luta contra a pandemia. Quem o diz é o diretor da Organização Mundial da Saúde, Tedros Ghebreyesus, presente esta manhã numa sessão para marcar os Jogos Olímpicos em Tóquio. "A pandemia é uma tarefa e o mundo está a falhar. Morreram mais de quatro milhões de pessoas e continuam a morrer. Só este ano, o número de mortos é mais do dobro do total do ano passado. No tempo que levo para fazer este discurso, mais de 100 mil pessoas perderão a vida para a Covid-19. E quando a chama olímpica for apagada, a 8 de agosto, vão morrer mais de 100 mil pessoas", sustenta.

O número de mortos devido às enchentes que atingiram uma das maiores cidades do centro da China subiu para 12, com pessoas encurraladas no metro subterrâneo, autocarros, escolas e edifícios. Perto de 200 mil pessoas foram retiradas de uma cidade atingida no centro da China, na província de Henan.

Brisbane é a cidade escolhida para receber os Jogos Olímpicos em 2032. O Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou, esta quarta-feira, que a cidade de Brisbane, na Austrália, é a escolhida para acolher os Jogos Olímpicos de 2032.

Para já, a possibilidade de cancelamento dos Jogos "não é uma informação que circule na aldeia olímpica". A garantia é dada à TSF pelo chefe da missão olímpica de Portugal. Marco Alves adianta que as declarações do Presidente do Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio sobre o facto de essa possibilidade estar em cima da mesa o apanharam de surpresa e assegura que esta "não é uma informação que circule na aldeia [olímpica]". Noutro plano, duas atletas retiraram-se dos Jogos Olímpicos depois de testarem positivo à Covid-19. Já o cavaleiro Jamie Kermond foi suspenso dos Jogos Olímpicos por doping.

Por fim, Ana Cabecinha está de regresso aos Jogos Olímpicos para voltar a estar entre as melhores. Ficaram para trás meses de ansiedade, de ajustes e reajustes no treino, nas rotinas. Ana Cabecinha chega a Tóquio para cumprir os quartos Jogos Olímpicos da carreira. Ela quer estar novamente entre as melhores, depois do 6º lugar no Rio de Janeiro.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de