Mascaranhas (centro dir) jogador do Sporting, no jogo entre Sporting vs MTK, na Final da Taça da Taças

O cantinho europeu onde o leão rugiu há 56 anos

1964 é o ano da única conquista europeia leonina além-fronteiras. Sob o comando do luso-espanhol Anselmo Fernández, que entrou no decorrer da época substituindo o brasileiro Gentil Cardoso, o leão ergueu bem alto o seu nome no contexto futebolístico europeu, depois do seu eterno rival Benfica o ter feito poucos anos antes, em 1961 e 1962, na Taça dos Campeões Europeus. A conquista leonina, essa, deu-se na já extinta Taça das Taças, competição da UEFA exclusiva, como a designação sugere, aos vencedores das respetivas taças nacionais. Eram tempos áureos do futebol português na Europa do desporto-rei...

Johan Cruyff

"Não há melhor medalha do que seres aclamado pelo teu estilo"

Hendrik Johannes Cruijff nasceu na bela cidade de Amesterdão, a 25 de Abril de 1947. Aos 10 anos de idade, após um olheiro do Ajax ter notado a qualidade do pequeno Cruyff nos jogos com os amigos do bairro, é-lhe oferecido um lugar na formação do Ajax sem precisar de ir às captações. Aos 17 anos estreia-se na equipa principal, tendo marcado o único golo da sua equipa na derrota por 3-1. Nesse ano, o Ajax terminou o campeonato na décima terceira posição, a mais baixa de sempre do clube desde a fundação do futebol profissional.

Gary Lineker, apresentador de Match of the day

Futebol para todos

22 de Agosto de 1964. Poderíamos fazer referência à data de nascimento de uma grande personalidade do futebol ou, mesmo falar, de uma data marcante para a modalidade. Mas não! Neste dia, já lá vão quase 56 anos, foi para o ar a primeira edição do Match of the Day, o equivalente ao nosso extinto Domingo Desportivo, na BBC. Naquela altura, o formato era diferente dos dias de hoje. O programa, que durava 55 minutos, mostrava apenas um jogo da jornada e a honra da emissão inaugural coube ao Liverpool e ao Arsenal. Em Anfield Road, o campeão em título recebeu os londrinos e venceu por 3-2, com 47620 adeptos nas bancadas, ao passo que a audiência do Match of the Day foi de 20 mil pessoas.

A Irlanda acabaria por ser eliminada mas os adeptos deixaram marca no Euro 2012

O outro hino da Irlanda!

Em pleno século XIX, entre 1845 e 1850, a Irlanda foi afectada por uma autêntica catástrofe. Uma doença atacou as plantações de batatas por todo o país, provocando fome no país inteiro. Naquela altura, a batata era o grande motor da economia irlandesa, e ainda a principal fonte de alimento para grande parte da população, nomeadamente os camponeses, que só comiam batatas no inverno. Esta tragédia ficou conhecida pelo nome "Grande Fome" e é um momento marcante na História da Irlanda. Estima-se que 1 milhão de pessoas sucumbiram a esta calamidade, e mais 1 milhão de pessoas emigraram. Por isso, a população daquela ilha caiu entre 20 a 25 por cento.

Cristiano Ronaldo atua na Juventus

La piú bella storia che non c'è!

Mundial de 1966, Inglaterra. Jogo da fase de grupos entre a Itália de Sandro Mazzola, Gigi Meroni e daquele que, a partir de 1968, haveria de ser denominado "Golden Boy" Rivera, por vencer a Bola de Ouro, frente a um adversário desconhecido, enigmático... a Coreia do Norte. Uma hipotética formalidade, que, todavia, tornar-se-ia num dos mais horrendos pesadelos da história do calcio, que por essa altura já contava com três Taças dos Campeões Europeus no curriculum: uma do Milan e duas dos rivais do Inter.

Stade Geoffroy-Guichard

Ó tempo volta para trás!

A cidade de Saint-Étienne, capital do departamento da Loire, situada na região Auvergne-Rhône-Alpes, é a casa do clube que mais vezes conquistou o Championnat. A Association Sportive de Saint- Étienne Loire, com os seus 10 títulos, ainda é a mais titulada em França. Este passado glorioso é contudo distante, tendo sido construído entre as décadas de 50 e 80, datando o último triunfo de 1981, já há 39 anos. Juntamente com o Olympique Lyonnais, o Saint-Étienne protagoniza o sempre escaldante Derby Rhône-Alpes, um dos mais escaldantes da Ligue 1.