Mulheres ganham espaço no Cinema mas fartaram-se de interpretar princesas em apuros

Mulheres ganham espaço no Cinema mas fartaram-se de interpretar princesas em apuros

O Botequim junta uma realizadora-revelação, a mais conhecida diretora de casting em Portugal e a diretora de um festival de cinema no feminino para conversar sobre as barreiras que as mulheres do setor enfrentam nos bastidores. O diálogo também espreita o tipo de personagens femininas que vemos no grande ecrã - muitas vezes em segundo plano na narrativa -, que ajudam o protagonista masculino a consolidar o seu papel.

Botequim

Mulheres nas Forças Armadas

Na semana da polémica relacionada com a diretiva do Ministério da Defesa sobre a utilização de linguagem não discriminatória pelas Forças Armadas, o Botequim senta à mesa uma tenente-coronel e a diretora do Instituto de Defesa Nacional. A presença das mulheres nas Forças Armadas é inegável, há mais de 30 anos que vêm fazendo caminho mas os estudos demonstram que as dificuldades de integração ainda são significativas. É por isso importante entender quais os fatores que influenciam essas dificuldades e quais são as perspetivas futuras para a integração das questões de género nas instituições militares.

Botequim

Mulheres na política

As mulheres já são ministras, deputadas e autarcas. Mas para quando uma presidente? A Assembleia da República tem atualmente a maior representação feminina de sempre. Os votos das eleições legislativas do ano passado elegeram 89 mulheres, um valor que corresponde a 38% dos 230 assentos da assembleia. Elegeram também 141 homens, ou seja, 62%. Mas será que este aumento levou a mudanças nas relações de género e de poder? Quais são as consequências dessa representação de género mais equitativa? Elas fazem parte das lógicas de poder, têm acesso ao campo político facilmente ou encontram bloqueios nesse percurso?