Chicago Tribune

Invisibilidade do jornalismo, um novo tipo de medo, meias solas e outros cabedais

O edifício histórico que, desde 1925, acolheu a sede do jornal Chicago Tribune foi vendido recentemente e está a ser transformado, de modo a acolher mais de centena e meia de apartamentos de luxo. A Torre do Chicago Tribune é um edifício de estilo neogótico cuja fachada ostenta pedaços de dezenas de monumentos históricos em várias partes do mundo, do Parténon à catedral de Notre-Dame. A redacção do jornal foi, entretanto, transferida para andares alugados noutro edifício do centro da cidade.

Espécies em risco

Espécies em risco

Qual a semelhança entre o periquito-cara-suja, o mico-leão-dourado, o sapinho-admirável-de-barriga-vermelha, a jararaca-de-alcatrazes e os jornalistas? São todos espécies ameaçadas. E se é certo que a jararaca, posta em perigo pelos exercícios da Marinha na ilha de Alcatrazes, no litoral paulista, parece ter podido respirar alguma paz quando, por insistência dos ambientalistas, acabaram os tiros de canhão, em 2013; e que o sapinho do Rio Grande do Sul talvez sobreviva depois de ter sido travada a construção de uma central hidroeléctrica, em 2014; e que o mico quase desapareceu com a devastação de certas zonas da Mata Atlântica, mas resiste; e que o periquito endémico do sertão cearense foi desaparecendo com o desmatamento e a caça ilegal e só não foi extinto porque uma instituição ambientalista lançou há quase duas décadas uma operação de emergência; já os jornalistas podem ser considerados criticamente em perigo. Eles são uma das espécies ameaçadas no quadro actual da bolsonarite aguda, confirmado por declarações do Grande Exterminador.