Vietto não deixou FC Porto ficar a rir. Dragões e leões empatam no clássico

O FC Porto esteve em vantagem durante grande parte da partida, mas Vietto empatou perto do fim.

O primeiro clássico do campeonato teve emoção na primeira parte e melancolia no segundo tempo. Dragões e leões fizeram quatro golos e fecharam a quarta jornada com um ponto a mais.

O FC Porto teve a primeira ação do jogo, a valer uma grande defesa de Adán. Sérgio Oliveira bateu o livre, com o guarda-redes do Sporting a voar para evitar o primeiro golo da partida.

Na resposta, o Sporting saiu em contra-ataque com Jovane e Nuno Santos em evidência. Pepe cortou na zona de penálti. Ainda assim, o FC Porto continuou a sufocar os leões.

O Sporting tentou contrariar a superioridade portista, e chegou mesmo ao golo, logo aos nove minutos. Nuno Santos abriu o marcador em Alvalade, com um remate forte de pé esquerdo. Marchesín ainda tocou na bola, mas não evitou o golo.

Pedro Gonçalves viu o primeiro amarelo da partida. O médio do Sporting fez falta sobre Luís Diaz.

O guarda-redes dos leões com uma grande exibição nos primeiros 20 minutos de jogo. Antonio Adán mantinha-se como uma muralha na baliza, com uma exibição muito segura. Ainda assim, não foi suficiente para evitar o empate portista.

Uribe rematou de primeira após cruzamento de Zaidu. Grande cruzamento do lateral esquerdo do FC Porto, a valer meio golo e a fazer esquecer a saída de Alex Telles.

Nuno Santos e Adán foram os destaques do Sporting na primeira meia hora de jogo. O FC Porto estava com 54% de posse de bola e com maior iniciativa de jogo. O marcador assinalava, no entanto, um golo para cada lado.

Jovane esteve muito apagado na primeira parte. O craque leonino regressou de lesão e, até ao momento, ainda não conseguiu tirar nenhum coelho da cartola.

Após um ataque venenoso do Sporting, o FC Porto operou a reviravolta no marcador. Na resposta à iniciativa leonina, os dragões lançaram-se em contra-ataque para o golo de Corona.

Já em cima do intervalo, o primeiro caso do jogo. Luís Godinho marca penálti para o Sporting e mostra o segundo amarelo a Zaidu. No entanto, o árbitro principal foi ao monitor do VAR rever o lance, e reverteu a decisão. Não houve penálti, nem amarelo para o lateral esquerdo dos dragões.

Na sequência do lance, e antes do intervalo, Luís Godinho deu ordem de expulsão a Rúben Amorim. O treinador do Sporting vai ver a segunda parte da bancada.

No recomeço do jogo, o Sporting entrou com vontade de reverter o resultado.

Luís Neto, no entanto, podia ter sentenciado a partida. O defesa tentou meter a bola em Adán, calculou mal a trajetória e perdeu para os jogadores portistas. Nuno Mendes cortou o lance que podia levar perigo para a baliza do Sporting.

Vietto entrou para o lugar de Jovane, aos 58 minutos, num momento chave do jogo.

Do lado do FC Porto, os reforços Felipe Anderson e Toni Martínez substituem Luíz Diaz e Marega. Conceição lançou dois estreantes.

Aos 64 minutos, livre frontal para o FC Porto. Pontapé forte de Sérgio Oliveira com Adán a socar para fora da área leonina.

O jogo esteve mais controlado na segunda parte. As substituições trouxeram pouca definição às equipas, e aos 70 minutos, apenas dois remates para cada equipa.

João Mário foi lançado aos 78 minutos para o lugar de Matheus Nunes. O reforço mais sonante dos leões regressou a Alvalade, e assistiu ao empate de Vietto. Aos 88 minutos, após remate de Tiago Tomás, o antigo jogador do Atlético de Madrid rematou para o 2-2.

O argentino esteve perto do terceiro, mas falhou o cabeceamento ao primeiro poste.

Sérgio Conceição tentou a vitória ao lançar Taremi aos 90 minutos, já não foi em tempo útil, e o marcador não se alteou nos três minutos finais. Um ponto para cada lado.

O Benfica pode distanciar-se no topo do campeonato se vencer o Rio Ave, em Vila do Conde.

Onze do Sporting: Adán; Neto, Coates e Feddal; Porro, Palhinha, Matheus Nunes, Nuno Mendes; Nuno Santos, Jovane e Pedro Gonçalves

Onze do FC Porto: Marchesín; Manafá, Mbemba, Pepe e Zaidu: Sérgio Oliveira e Uribe; Corona, Otávio e Luís Diaz; Marega.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de