Empate sem golos na Luz. Benfica cada vez mais longe do sonho do segundo lugar

Águias empatam 0-0 e perdem oportunidade de pressionar o Sporting na luta pelo segundo lugar.

O Benfica cedeu este sábado um nulo (0-0) na receção ao aflito Famalicão, num jogo da 31.ª jornada da I Liga, e pode voltar a ver o Sporting distanciar-se no segundo lugar da competição.

Depois do triunfo em Alvalade (2-0), na ronda anterior, os encarnados tinham a oportunidade de ficar a três pontos dos leões, que na segunda-feira visitam o Boavista, mas falharam a terceira vitória seguida no campeonato e seguem no terceiro lugar, com 68 pontos, a cinco dos campeões nacionais.

Já o Famalicão somou o sétimo encontro consecutivo sem vencer na I Liga, na qual ocupa a 14.ª posição, com 30 pontos.

Aos 9 minutos, atento a um lançamento de Vertonghen, Darwin aparece a rematar dentro da área. Alex Nascimento oferece o corpo à bola, evitando o pior. Dez minutos depois, Grimaldo, de livre, bate forte. O remate do jogador espanhol sai muito por cima, na direção da bancada.

Não houve oportunidades de golo nos primeiros 20 minutos de jogo. Os jogadores do Famalicão estão muito intensos defensivamente, muito bem posicionados. Seis minutos depois, já perto da meia hora de jogo, Darwin carrega, levantando de cabeça para o coração da área. Gonçalo Ramos conclui também de cabeça, fazendo a bola sobrevoar a baliza.

Diogo Gonçalves, aos 33 minutos, vê cartão amarelo por uma falta sobre um adversário. Vai falhar o jogo do próximo fim de semana na Madeira, frente ao Marítimo. Sete minutos depois, uma grande situação de golo para a equipa do Benfica. Diogo Gonçalves rematou, mas o guarda-redes Luiz Júnior defendeu e ninguém conseguiu emendar para o fundo da baliza do Famalicão. É a primeira oportunidade de golo do encontro e surge na sequência de um canto.

O árbitro dá dois minutos de compensação. Intervalo na Luz!

Recomeça o jogo. Aos 51 minutos, Paulo Bernardo, de meia-distância, remata forte, mas a bola sai por cima. Seis minutos depois, dupla substituição no Benfica: Diogo Gonçalves é substituído por Yaremchuk e Gilberto dá lugar a André Almeida.

Aos 64 minutos, grande ocasião para o Benfica. André Almeida cruzou rasteiro dentro da grande área do Famalicão, mas ninguém conseguiu desviar o esférico. O jogo está melhor nesta fase. O Benfica acelera, à procura do golo. Treze minutos depois, num lance perigoso, Radonjić atirou ao lado.

Gonçalo Ramos fica queixoso no relvado após um lance com um adversário, aos 78 minutos. Pouco depois levanta-se. Parece estar recuperado. A 10 minutos dos 90' há um corte com a mão de um jogador do Famalicão, dentro da área. A equipa do Benfica pede penálti. O VAR e o árbitro vão analisar o lance. Decidem ficar-se pelo pontapé de baliza. Não há grande penalidade.

Aos 83 minutos, entra mais um ponta de lança no Benfica: sai Gonçalo Ramos e entra Seferović. Dois minutos depois, o ponta de lança do Famalicão tenta picar a bola para a grande área das águias, mas Vlachodimos sai e agarra o esférico no limite da área.

O árbitro dá sete minutos de compensação. Um minuto depois dos 90', Weigl remata, mas a bola sai muito por cima. Sem perigo. Quatro minutos depois, Bruno Rodrigues preparava o cabeceamento que podia dar o golo ao Famalicão, mas André Almeida cortou no momento certo.

Apita António Nobre. É o final da partida no Estádio da Luz, sem golos.

Onze do Benfica: Vlachodimos; Gilberto, Otamendi, Vertonghen, Grimaldo; Diogo Gonçalves, Paulo Bernardo, Weigl, Gil Dias; Gonçalo Ramos e Darwin Núñez.

Onze do Famalicão: Luiz Júnior; Penetra, Riccieli, Alex Nascimento; de la Fuente, Pêpê, Pickel, Adrián Marín; Heri, Banza e Pedro Marques.

Suplentes do Benfica: Helton, André Almeida, Morato, Meïté, João Mário, Radonjić, Taarabt, Seferović e Yaremchuk.

Suplentes do Famalicão: Zlobin, Diogo Queirós, Batubinsika, Dolček, Benny, Pedro Brazão, Bruno Rodrigues, Kadile e Cádiz.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de