Canoístas portugueses terminam em oitavo lugar em K4 500 metros

Emanuel Silva cumpriu em Tóquio 2020 a quinta participação em Jogos Olímpicos e João Ribeiro a segunda, enquanto Messias Baptista e David Varela se estrearam na mais importante competição desportiva mundial.

O K4 500 metros da canoagem portuguesa terminou este sábado os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 na oitava posição, conquistando mais um diploma para a Missão Portugal, ao concluir a final da prova em 1.25,324 minutos.

Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela largaram na lateral pista oito - no centro as tripulações gerem melhor a prova e os adversários -, e terminaram a 3,105 segundos da Alemanha, que conquistou a medalha de ouro, à frente da Espanha (prata) e da Eslováquia (bronze).

Esta foi somente a segunda prova internacional do K4 500 metros desde os Mundiais de 2019, nos quais se apurou para Tóquio 2020, com o sexto lugar.

Posteriormente, a equipa treinada por Rui Fernandes, que nesse ano foi quarta classificada nos II Jogos Europeus Minsk 2019, só fez a Taça do Mundo deste ano, na qual foi quarta colocada.

Devido a um problema renal de Emanuel Silva a dois dias do início da competição, o K4 500 metros não pôde fazer o último teste antes de Tóquio 2020, que estava previsto para junho, nos Europeus de Poznan, na Polónia.

Emanuel Silva cumpriu em Tóquio 2020 a quinta participação em Jogos Olímpicos e João Ribeiro a segunda, enquanto Messias Baptista e David Varela se estrearam na mais importante competição desportiva mundial.

No Rio 2016, quando a prova de K4 se realizava na distância de mil metros, Fernando Pimenta, Emanuel Silva, João Ribeiro e David Fernandes concluíram no sexto lugar.

Na canoagem lusa em Tóquio 2020, destacou-se a medalha de bronze de Fernando Pimenta em K1 1000 metros, bem como o sétimo lugar, correspondente a diploma olímpico, de Teresa Portela, em K1 500 metros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de