Morreu Dito, antigo internacional português e diretor do Gil Vicente

Dito sentiu-se mal durante o estágio dos gilistas em Melgaço.

Conhecido como Dito, Eduardo Marques, antigo internacional português e atual diretor-geral do Gil Vicente, morreu esta quinta-feira aos 58 anos. O ex-jogador de futebol terá sido vítima de um problema cardíaco.

Dito acompanhava a equipa de Barcelos no estágio que está a ser realizado em Melgaço, quando se sentiu mal. O antigo jogador ainda foi assistido pelos médicos do Gil Vicente e transportado para o hospital de Monção, de acordo com o que a TSF apurou junto do clube minhoto.

Como defesa central, Dito passou pelo Gil Vicente, SC Braga, Benfica e FC Porto tendo pendurado as chuteiras em 1996. Conquistou um campeonato nacional e uma Taça de Portugal ao serviço do Benfica.

Representou a Seleção Nacional em 17 ocasiões.

Como treinador, passou pelo Salgueiros, Moreirense e Famalicão. O último clube que orientou foi o Sporting da Covilhã.

Homem do futebol: jogador, treinador e dirigente

Dito, alcunha de Eduardo José Camassele Mendez, tinha 58 anos e currículo cheio no futebol português.

Começou a jogar precisamente no Gil Vicente, e ganhou protagonismo no Sporting de Braga, onde entrou em 1976. Foram dez anos nos arsenalistas que convenceram o Benfica a avançar para a sua contratação.

No antigo Estádio da Luz, Dito, na posição de defesa central, fez 81 jogos e dois golos em dois anos. Em 1988 transferiu-se para o FC Porto, ao lado de Rui Águas, mas só ficou uma temporada no Estádio das Antas. Fez 19 jogos com o símbolo dos dragões.

Dito também foi convocado para a Seleção Nacional, onde vestiu a camisola das quinas em 17 jogos e marcou um golo.

Na fase final da carreira de futebolista ainda jogou no Vitória de Setúbal, Sporting de Espinho, Gil Vicente, Torreense e Ovarense.

Depois de pendurar as chuteiras, em 1997, o antigo defesa central começou o percurso como treinador. A primeira experiência aconteceu no Esposende. Seguiu-se o Salgueiros, Felgueiras, Desportivo de Chaves, Portimonense, Ribeirão, Moreirense, Varzim, Famalicão e Sporting da Covilhã.

Atualmente desempenhava o cargo de diretor-geral do Gil Vicente, a preparar a nova temporada 2020-2021.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de