Paços de Ferreira vai tentar aproveitar momento menos bom do Benfica

Técnico pacense recusou a ideia de um Benfica fragilizado.

O treinador do Paços de Ferreira, César Peixoto, reconheceu este sábado dificuldades na preparação para o Benfica, esperançado em poder aproveitar o momento menos bom do adversário, em jogo da I Liga de futebol marcado por muitas ausências.

"[O Benfica] Tem um novo treinador e torna tudo mais difícil. Fizemos o trabalho de casa, tentando perceber o que o Veríssimo fazia na equipa B do Benfica, mas, por mais que o treinador tenha uma ideia, o plantel é diferente e há coisas que vão mudar. Isso dificulta sempre o trabalho", disse César Peixoto, na conferência de antevisão ao jogo da 17.ª e última jornada na primeira volta, no domingo.

O técnico pacense, que só este sábado regressou a Paços de Ferreira, após uma semana de isolamento por teste positivo à Covid-19, recusou, por outro lado, a ideia de um Benfica fragilizado pelas ausências, lembrando que o adversário "tem um plantel vastíssimo de muita qualidade individual".

"O Benfica não se pode queixar das ausências e não acredito que vai estar mais fragilizado por causa da Covid. É verdade que o Benfica não está na sua melhor fase e temos de tentar aproveitar, mas é o favorito e não o Paços. Acredito, no entanto, que temos qualidade para lá ir disputar os três pontos", sublinhou.

Para César Peixoto, o facto de o Benfica não estar na melhor fase até pode funcionar ao contrário junto dos jogadores, ávidos de tentarem dar a volta a esta situação, sem deixar cair, no entanto, o bom momento do Paços, lembrando que, "com as duas vitórias, a equipa cresceu muito animicamente, cresceu muito em termos de confiança e está a crescer nas ideias de jogo".

"O que sei é que vai haver momentos em que o Benfica nos vai empurrar para trás, mas não vamos montar a equipa lá atrás, isso é seguro. Não vamos mudar as nossas ideias de jogo", concluiu.

Jordi, João Vigário e Jorge Silva, este último operado esta semana, estão lesionados e vão ficar de fora. Maracás segue viagem, mas só numa situação extrema será utilizado. Luiz Carlos, a cumprir castigo, e Nuno Santos, por estar emprestado pelo Benfica, também vão ficar fora do jogo, numa lista de ausências extensiva a João Pedro e Miguel Mota, que acusaram positivo à Covid-19.

Na tabela, o Paços de Ferreira é 10.º, com 17 pontos, enquanto o Benfica ocupa o terceiro lugar, com 37. As duas equipas defrontam-se no estádio da Luz, no domingo, às 18:00, num jogo que terá arbitragem de Vítor Ferreira, da associação de Braga.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de