Piloto Pierre Cherpin morre após acidente no Rali Dakar

Piloto francês não resistiu a ferimentos após queda da mota.

A organização do Rali Dakar anunciou, esta sexta-feira, a morte do francês Pierre Cherpin. O piloto tinha sofrido um acidente grave no último domingo, numa queda da mota.

Cherpin encontrava-se em coma induzido, depois de ter sido operado de emergência, mas acabou por não resistir aos ferimentos.

O acidente aconteceu ao quilómetro 178 da sétima etapa, primeira metade de uma etapa maratona, e provocou um traumatismo craniano ao piloto gaulês, que chegou a ser operado na Arábia Saudita.

Era a quarta vez que o piloto de 52 anos participava no Rali Dakar.

"Durante a repatriação num avião médico, Pierre Cherpin morreu no dia 14 de janeiro em virtude das lesões sofridas numa queda à sétima etapa", anunciou a Amaury Sports Organization (ASO), que organiza a prova.

Kevin Benavides, piloto da Honda, foi o vencedor do Dakar 2021, em motas. O argentino de 32 anos é o primeiro sul-americano a ganhar nesta categoria, conseguindo a vitória para a equipa do português Ruben Faria pelo segundo ano consecutivo.


O Rali Dakar de todo-o-terreno arrancou a 2 de janeiro, em Jeddah, na Arábia Saudita.

Notícia atualizada às 9h20

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de