Tondela conquista três pontos frente a um Boavista reduzido a nove

Mario González e Salvador Agra protagonizaram os três golos da vitória (3-1) do Tondela, na receção ao Boavista da 14.ª jornada da I Liga de futebol, tendo os 'axadrezados' jogado uma hora reduzidos a nove.

Mario González (40) e o 'bis' de Salvador Agra (56 e 85) deixaram este sábado o Tondela a meio da tabela classificativa, ao bater um Boavista reduzido a 10 logo aos 11 minutos, com a expulsão de Devenish, que travou um adversário que seguia isolado, e a nove aos 30, qando Chidozie foi expulso pelo mesmo motivo, mas, desta feita, cometendo uma grande penalidade, que o tondelense Enzo Martinez desperdiçou.

A primeira parte começou equilibrada, com as duas equipas organizadas e em bom ritmo, tendo Jhon Murillo protagonizado o primeiro remate perigoso do jogo, ao cruzar rente ao poste direito de Léo Jardim.

Aos sete minutos, Angel Gomes rematou cruzado à baliza de Babacar Niasse, mas sem apresentar grande perigo com a bola a passar longe do poste esquerdo.

A partir dos 11 minutos, o jogo começou a apresentar-se mais desequilibrado, após a expulsão Cristian Devenish com vermelho direto, que travou em falta Mario González, quando se isolava.

Aos 30 minutos, novo vermelho direto, desta feita para Chidozie Awaziem, numa jogada em que Jhon Murillo entrava na grande área do Boavista isolado e o central 'axadrezado' terá segurado a camisola do adversário.

Os tondelenses ainda festejaram a grande penalidade converida por Enzo Martinez, mas o lance foi invalidade, tendo o árbitro apontado falta do jogador anfitrião, por dois toques na bola.

No entanto, o marcador não tardou a ser inaugurado e, aos 40 minutos, Mario González recebeu a bola de Bebeto e cabeceou para a baliza 'axadrezada', permitindo à equipa da casa ir para intervalo em vantagem.

A vantagem numérica do Tondela continuou a facilitar o jogo 'beirão' e, aos 56 minutos, Salvador Agra rematou cruzado, junto da baliza, ampliando o marcador.

Apesar de diminuído numericamente, o Boavista não baixou os braços e, três minutos depois, reagiu ao segundo golo do adversário, com Ricardo Mangas a desviar uma bola cruzada por Elis e a direcioná-la para o interior da baliza.

Até ao fim do jogo, os nove jogadores em campo do Boavista continuaram a dar luta e a formar uma barreira defensiva ao Tondela nas várias aproximações feitas junto da baliza de Léo Jardim, que evitou o terceiro golo ao Tondela, ao segurar um remate de Jhon Murillo, aos 68 minutos.

A pressão do Tondela voltou a dar frutos e, aos 85 minutos, Salvador Agra 'bisou' e aumentou a diferença no marcador.

Com a vitória de hoje, o Tondela deu um 'salto' na tabela, colocando-se provisoriamente em nono, com 15 pontos, enquanto o Boavista se mantém na zona de despromoção, no 18.º e último lugar, com 11 pontos.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de