Tudo o que está mal nos Amazfit GTR e Amazfit GTS da Xiaomi
futuro

Tudo o que está mal nos Amazfit GTR e Amazfit GTS da Xiaomi

Fique a saber tudo o que há de bom, e onde falham, os novos equipamentos com selo da marca lowcost chinesa.

Não é apenas com smartphones que a Xiaomi pretende tentar os nossos bolsos sedentos de novidades tecnológicas. A marca chinesa tem mesmo todo o tipo de dispositivos. Também tem relógios inteligentes também, ou tenta fazer que tem.

Só com muito boa vontade é que os smartwatches da Xiaomi podem ser chamados de inteligentes. Nem mesmo os mais avançados merecem esse título. É o caso dos mais recentes Amazfit GTR e Amazfit GTS.

É devido ao aspecto que estes novos Amazfit parecem ser mais do que aquilo que na realidade são: pulseiras de fitness. E o aspecto, convenhamos, é muito bom. O Amazfit GTR é uma cópia do Huawei Watch GT2, ao passo que o Amazfit GTS é a cara chapada dos mais recentes Apple Watch.

Até aqui tudo bem. A marca lowcost chinesa continua apostada naquele sábio provérbio que tanta gente soube aproveitar no secundário: "se vais copiar, copia os melhores".

Outro ponto (muito) positivo está relacionado com a autonomia. É enorme. Aguenta certamente duas semanas sem ir ao carregador.

SORTEIO

Quer ter uma oportunidade de ganhar (gratuitamente) este dispositivo? Está aqui o link que procura .

CONTINUANDO COM A ANÁLISE...

Mas para além do aspeto e da autonomia, não há muito mais razões para se gostar destes dois equipamentos. Nem sequer os podemos apelidar de relógios inteligentes já que não incluem funções que são básicas para um smartwatch a sério. Também a forma como funciona o sistema de notificações é uma tremenda desilusão.

Encontra todos os argumentos com mais detalhe no vídeo acima.

Claro que para muita gente, principalmente para quem não quer gastar muito dinheiro este GTR ou o GTS chegam e sobram. Mas nesse caso talvez não fosse má ideia explorar as pulseiras de fitness com um formato mais tradicional.

No entanto, quem procura obter mais de um relógio, quem procura por um relógio inteligente a sério, então é melhor continuar com essa busca. Não é nestas propostas da Xiaomi que o vai encontrar.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de